Fórmula 1: Maria De Villota encontrada morta em quarto de hotel

Fórmula 1: Maria De Villota encontrada morta em quarto de hotel

mariadevolta1_1210
A ex-piloto de testes da Fórmula 1, a espanhola Maria De Villota, foi encontrada morta, ontem, sexta-feira, dia 1 de outubro, em um quarto de hotel em Sevilha, Espanha. Segundo fontes médicas,  os dados iniciais apontam para que a morte tenha ocorrido devido a causas naturais, ainda que a Policia Científica e do Grupo de Homicídios fossem chamados ao local.
Maria De Villota, 33 anos, estava em Sevilha, onde deveria participar de um evento no Centro de Convenções da cidade espanhola, dias antes da apresentação de um livro sobre a sua vida. Filha do ex-piloto de F1 Emilio De Villota, sofreu um grave, em julho de 2012, num acidente durante testes realizados pela equipe Marussia, perdendo o olho direito.

Sem Comentários

Insira um Comentário