Caminhões Metro-Shacman: testados e aprovados na Fenatran por mais de 400 motoristas

Caminhões Metro-Shacman: testados e aprovados na Fenatran por mais de 400 motoristas

shacmanfenatran
A Metro-Shacman registrou mais de 400 testes de seus caminhões Shacman TT 420 6×4, realizados na pista montada no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, entre os dias 28 de outubro e 1º. de novembro, durante a Fenatran 2013. Os veículos foram conduzidos por motoristas profissionais do transporte de cargas cujas avaliações serão analisadas pelo departamento de engenharia da empresa para possível implementação no projeto de localização dos caminhões que serão produzidos no Brasil a partir do próximo ano.
O diretor de desenvolvimento da empresa, Marcos Gonzalez, informou que a participação da Metro-Shacman na Fenatran, como única marca chinesa no evento, permitiu uma forte exposição da marca e a oportunidade de demonstrar os atributos dos produtos aos motoristas profissionais. “A Fenatran 2013 tem uma importância histórica, porque permitiu a apresentação do veículo-conceito da Shacman equipado com sistemas e componentes fabricados por empresas fornecedoras do Brasil com índice de nacionalização superior a 60%”, afirmou.
O executivo também considerou positiva a nova etapa da empresa no Brasil com o relacionamento estabelecido com representantes de transportadoras, fornecedores de autopeças, instituições de crédito e empresários interessados em integrar a rede de concessionárias. Gonzalez ressaltou também o grande número de executivos de marcas concorrentes que visitaram o estande da Metro-Shacman para conhecer em detalhes os veículos expostos, especialmente o driveline completo e o primeiro protótipo brasileiro.
Para Gonzalez, além da credibilidade da marca, os motoristas profissionais que testaram os veículos demonstraram entusiasmo pelo desempenho e pelo padrão de conforto e nível de equipamentos disponíveis. Um dos aspectos de maior aprovação foi o da relação custo-benefício, na comparação com o preço de venda e as características de desempenho, economia e durabilidade dos veículos.
Gonzalez acrescentou que os próximos passos da Metro-Shacman em relação à produção dos veículos no Brasil serão o programa de certificação dos componentes nacionalizados, a escolha dos fornecedores, a sequência da nomeação de concessionárias e os trâmites relativos à escolha dos equipamentos e instalação da linha de montagem para que a produção ocorra no segundo semestre do próximo ano.
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário