F1: com Massa, Williams é a mais brasileira das equipes

F1: com Massa, Williams é a mais brasileira das equipes

massawilliamns_1
O mistério se desfez ontem: Felipe Massa acertou com a Williams e vai tornar-se, em 2014, o sexto piloto brasileiro a defender as cores da equipe inglesa que, agora, passa a ser a brasileiros na história da Fórmula 1.Antes desta contratação, a Williams estava empatada com a Lotus, que teve cinco brasileiro.  Antes de Massa, correram pela Williams Nelson Piquet, Ayrton Senna, Antonio Pizzonia, Rubens Barrichello e Bruno Senna.
massawilliams_2
Curiosamente, exceto Piquet, que foi logo o primeiro, todos os outros encerraram a sua participação na Fórmula 1 na  Williams. Será que este é o destino de Massa? Piquet abriu o caminho em 1986, fazendo dupla com Nigel Mansell durante dois anos e conquistando o título no ano seguinte, antes de sair para a Lotus.
massawilliams_3
Em 1994 foi a vez de Ayrton Senna passar para a Williams, seduzido pelo domínio avassalador que a equipa tinha aplicado nos últimos dois campeonatos. Mas, infelizmente, uma tragédia tirou de Senna a oportunidade de levar o quarto título de campeão do mundo.
massawilliams_4
Dez anos depois foi a vez do paraense Antonio Pizzonia, o cara que foi marido da campeã olímpica de salto em distância Maureen Maggi, que só  correu  quatro etapas pela Williams, substituindo o lesionado Ralf Schumacher, repetindo o feito em mais cinco corridas da temporada seguinte, antes de abandonar a Fórmula 1.
massawilliams_5
Rubens Barrichello chegou em 2010, depois de ter sido ofuscado por Jenson Button na temporada de ouro da BrawnGP que, posteriormente, virou MercedesGP. Ficou dois anos na equipa antes de se retirar da Fórmula 1.  Para o seu lugar chegou Bruno Senna que só durou uma temporada e mudou-se para o Mundial de Resistência. Ou seja: Felipe Massa, depois de dois anos de contrato para? Será este teu triste fim, Felipinho?

Sem Comentários

Insira um Comentário