Chery Celer: não é mais um chinês! Em breve, brasileiro!

Chery Celer: não é mais um chinês! Em breve, brasileiro!

abremateria_studiomib
A quem ainda considere carro fabricado na China como não sendo confiável. Mas será? Quem dá, hoje em dia, cinco anos de garantia? Se o carro é ruim, por que tanto tempo? Aos trabalhos: o Chery Celer, lançado aqui no Brasil em março desse ano e que será o primeiro veículo da marca a ser produzido aqui, foi avaliado por nosso amigo André Luis Cipriani, 47 anos, gerente comercial, proprietário de um Chevrolet Agile 2011.
traseira_studiomib
O Chery Celer tem design italiano, criado pelo Estúdio Torino Design, o modelo tem seu certo charme. ´O design dele é muito bonito. Não sabia que os chineses contrataram os italianos pra desenhar o carro. Interessante!`, diz André. Olhando-se de frente, ele lembra o Renault Modus (uma mera semelhança).  O nome Celer vem do latim “celere”, que significa rápido, ágil. E se próprio estilo até remete a esta ideia. Este modelo é o primeiro projeto mundial dos chineses da Chery.
lateralesq_studiomib
No interior o Celer foi adaptado para o gosto do brasileiro com tons escuros, mesclando preto e cinza. Com acabamento que merece mais cuidado, os bancos são revestidos com tecido, sendo a parte central texturizada. Nas portas, painel de instrumentos, volante e manopla de câmbio, a predominância do preto é contrastada com detalhes na cor prata fosca, oferecendo mais requinte ao modelo. ´Infelizmente neste item de acabamento ficou muito a desejar! Puxa, poderiam ter caprichado mais. Tem muitos plástico`, lembra André.
interior_studiomib
O Chery Celer conta com as seguintes dimensões:  2.527 mm de entre eixos, 1.492 mm de altura e 1.686 mm de largura, permitem acomodar com conforto até cinco ocupantes. A versão Hatch tem 4.139 mm de comprimento, com porta-malas de 380 litros. Já a versão Sedan mede 4.269 mm e possui capacidade para 450 litros no compartimento de bagagens. ´Curioso esse Celer: quando você passa com ele pela rua, chama a atenção. Infelizmente, na condução ele  balança (sic) e faz barulho demais´, analisa André.
lateral_studiomib
Equipado com motor 1.5 litros 16 válvulas Flex, desenvolvido em parceria com a Delphi, que gera 108 CV de potência a 6.000 rpm, torque de 14 kgfm a 3.000 rpm, e atinge a velocidade máxima de 160 km/h. Conta, ainda, com  transmissão manual de cinco marchas. ´Esse motor é fraco demais! Fica devendo muito. Senti isso quando estava dirigindo. Num dá pra melhorar?`, observa André.
motor_studiomib
A previsão de comercialização da Chery Brasil aqui no Brasil é de prevê 7.000 unidades do Celer, sendo 75% do mix na versão Hatch e 25% na versão Sedan. Para assegurar o melhor atendimento ao cliente, a empresa está ivestindo cerca de R$ 37 milhões nas áreas de Vendas, Pós-Vendas e Marketing e, em breve terá a fábrica na cidade de Jacareí, SP, previsão para início de 2014. Agora, seis meses depois de seu lançamento aqui, os valores são R$ 29.990 e R$ 30.990, nas versões hatch e sedan, respectivamente.
movimento2_studiomib
´As minhas considerações finais são as seguintes: o Chery Celer é um carro para mulheres e jovens com carta nova, se o preço fosse menor ate valeria a pena. Esta promoção de  promoção de R$ 29,9 mil, no meu bolso é bem salgada e, com esse valor, compro  Fiat Uno Vivace. `, finaliza nosso leitor.
movimento1_studiomib
 
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário