Avaliação: JAC J5, um sedã médio, luxuoso, surpreendente e preço razoável!

Avaliação: JAC J5, um sedã médio, luxuoso, surpreendente e preço razoável!

IMG_0214
Fiquei algum tempo afastado do setor de automóveis. Foram quase seis anos longe dele. Muita coisa aconteceu como lançamentos, novos modelos, novas marcas e os importados como os carros chineses. Uma dúvida persistia na minha cabeça: será que esses carros importados da China são legais? O nível de acabamento é bom? Confiáveis? E por aí afora…
IMG_0213
Então, fui lá trabalhar. E o primeiro deles foi jeito foi avaliar um carro chinês. E o escolhido foi o JAC J5 que me surpreendeu. Todas as dúvidas que pairavam na minha cuca foram dirimidas. O JAC J5 é um sedã de porte médio e bem completo com todos aqueles opcionais que a gente quer. E mais: tem design italiano o que o torna elegante e charmoso chamando muito a atenção por onde passa. E a pergunta é sempre a mesma: moço que carro é esse?
IMG_0230
O JAC J5 foi apresentado ao público durante o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo em 2010 e chamou muito atenção dos que lá passavam. Depois de dois anos, a marca colocou-o no mercado que tem porte de sedã grande e preço de sedã médio. O modelo segue também o DNA da marca: vem de série completo – com freios ABS, airbag duplo, ar-condicionado digital e sensor de estacionamento-, com preço acessível e seis anos de garantia. Desde que o modelo desembarcou por aqui foram feitas, ao todo 160 modificações, após 1 milhão de quilômetros de testes por ruas e rodovias brasileiras.
IMG_0218
Apesar de ser classificado como sedã médio, as dimensões do J5 são dignas de um sedã grande. Possui 4,59 metros de comprimento, 1,77 metro de largura e 2,71 de entre-eixos, números que destacam o modelo como o mais espaçoso da categoria.
IMG_0216
Outro ponto é o desenho, de autoria do Centro de Design da JAC Motors em Turim, Itália, em conjunto com o Estúdio Pininfarina. Os faróis, assim como J3 e J6, seguem os padrões da marca e foram inspirados nas históricas máscaras chinesas, dando ao modelo uma forte personalidade estética. O J5 se destaca também pela visibilidade interna.
IMG_0228
O conjunto mecânico do J5 foi projetado para ter uma baixa manutenção, visando alta durabilidade. O motor 1.5 tem a mesma arquitetura do 1.4 que equipa o J3. O bloco é de alumínio e utiliza corrente (e não correia dentada). Este propulsor também possui comando variável de válvulas. Atinge a potência máxima de 125 cv a 6.000 giros e o torque máximo de 15,5 kgfm a 4.000 rpm. O propulsor faz com que o J5 acelere de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e atinja uma velocidade máxima de 188 km/h.
IMG_0220
O J5 possui também freios a disco ventilados na dianteira e sólidos na traseira. O sistema de ABS 8.2 do sedã é da Bosch, da última geração, com EBD. Uma das vantagens desse sistema é que o motorista não sente as pequenas ‘pancadas’ no pedal quando o ABS entra em ação. Com roda aro 16”, o pneu é  o 205/55, e com o opcional da roda aro 17”, a medida é 215/45. O airbag é duplo e também produzido pela Bosch.
IMG_0222
A suspensão do J5 é independente com o tradicional sistema McPherson na frente e Dual Link na traseira. Esse recurso aumenta a neutralidade direcional em condições extremas, uma vez que absorve melhor as irregularidades do piso quando atua em esforço. Os amortecedores são da japonesa Tokiko, umas das maiores especialistas do mundo.
IMG_0233
Olha, quem dá 6 anos de garantia, sem limite de quilometragem sabe da qualidade de seu produto. E o JAC J5 tem isso aí. Seu preço também surpreende: R$ 49.990 por um sedã de porte médio completo. Vale a pena ter um desses na garagem de casa.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário