Arena Cross: Joaquim Rodrigues é o campeão da MX Pró

Arena Cross: Joaquim Rodrigues é o campeão da MX Pró

5ª Etapa do Arena Cross 2013, realizada em Botucatu (SP)
Joaquim Rodrigues, da Equipe Honda Mobil de Motocross, conquistou ontem, dia 23 de novembro, o título da MX Pró, a principal categoria, da temporada 2103 do Arena Cross. O português venceu a primeira bateria e terminou em terceiro a segunda prova da última e decisiva etapa, realizada na cidade de Botucatu, interior de São Paulo. Paulo Alberto, também português e piloto Honda, que já havia conquistado antecipadamente o campeonato da MX2, garantiu mais uma vitória e manteve 100% de aproveitamento na competição. Para completar a festa da Honda no pódio, Leonardo de Souza, da LS Racing, ganhou a corrida da categoria Júnior.

5ª Etapa do Arena Cross 2013, realizada em Botucatu (SP)
“Estou muito feliz com o resultado. Estava bastante focado nesta etapa. Controlar a adrenalina e errar o menos possível é o segredo em provas de alta pressão como essa. Depois que venci a primeira corrida, fiquei mais tranquilo para administrar a bateria final. É muito bom ganhar esse título no Brasil, em um campeonato muito disputado e de alto nível. Espero poder dar sequência a este trabalho”, destaca Joaquim, que com a CRF 450R fechou a competição com 171 pontos.
5ª Etapa do Arena Cross 2013, realizada em Botucatu (SP)
“Meu ano aqui no Brasil foi perfeito assim como a minha participação no Arena Cross. É muito bom voltar para casa com a sensação de dever cumprido. Foram dois títulos inesquecíveis, esse e o do Campeonato Brasileiro de Motocross, conquistados com grande carinho dos inúmeros fãs que ganhei ao longo da temporada”, lembra Paulo, que somou 100 pontos com a moto CRF 250R.
Resumo das corridas
1ª bateria MX Pró – A disputa prometia ser acirrada do início ao fim. O português Joaquim Rodrigues, um dos candidatos ao título, saiu na segunda colocação, atrás do seu adversário direto, Carlos Campano. O espanhol ficou na liderança até a segunda volta, quando sofreu uma queda, abrindo espaço para Joaquim assumir a primeira colocação e seguir assim até o fim da corrida. Com isso, o português ficou mais próximo da conquista do campeonato. Wellington Garcia, também da Equipe Honda, chegou a andar boa parte da corrida em segundo, porém terminou na terceira posição.
5ª Etapa do Arena Cross 2013, realizada em Botucatu (SP)
2ª bateria MX Pró – Desta vez, quem saiu na frente foi o inglês Adam Chatfield, da Vulcano Ipiranga IMS, com Joaquim Rodrigues na segunda colocação. Adam acelerou forte, abriu boa vantagem e fechou em primeiro a última corrida da temporada. Joaquim manteve a cautela e concluiu a corrida em terceiro, mais que suficiente para ser campeão. Wellington Garcia fechou a prova em quarto lugar.
Bateria MX2 – Campeão antecipado, Paulo Alberto fez o holeshot, mas na segunda volta sofreu uma queda. Rapidamente, o piloto retomou a ponta da corrida e seguiu na frente até o final. Com isso, o português confirmou o favoritismo e uma temporada brilhante no campeonato, com cinco vitórias em cinco corridas, isto é, 100% de aproveitamento. Thales Vilardi, também piloto Honda, caiu logo na largada e terminou na oitava colocação.
Júnior – Começo eletrizante da categoria Júnior. Nas duas primeiras voltas, três diferentes líderes e três quedas. O piloto satélite Honda Vitor Almeida, da Dunas Team, travou duelo com o norte-americano Ramyller Alves. Ambos caíram e abriram espaço para Leonardo de Souza, da LS Racing, que segurou a posição e garantiu a vitória da bateria. “Vencer é bom demais. Quando assumi a liderança, vi que não podia errar para conseguir levar essa. Daí foi administrar para terminar em primeiro”, conta Leonardo. Enzo Lopes ficou com o título.
CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO (CINCO PRIMEIROS)
MX PRÓ
5ª Etapa do Arena Cross 2013, realizada em Botucatu (SP)
1º #108 Joaquim Rodrigues – 171 pontos
2º #115 Carlos Campano – 161 pontos
3º #1 Adam Chatfield – 159 pontos
4º #21 Wellington Garcia – 128 pontos
5º #101 Humberto Martin – 122 pontos
 
MX2
1º #211 Paulo Alberto – 100 pontos
2º #30 Hector Assunção – 74 pontos
3º #20 Anderson Cidade – 67 pontos
4º #1 Rafael Faria – 59 pontos
5º #27 Thales Vilardi – 56 pontos
JÚNIOR
1º #16 Enzo Lopes – 89 pontos
2º #822 Ramyller Alves – 70 pontos
3º #45 Leonardo de Souza – 67 pontos
4º #101 Renato Paz – 53 pontos
5º #28 Carlinhos Evangelista – 38 pontos
 
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário