Justiça alemã obriga Google a retirar fotos da orgia de Max Mosley

Justiça alemã obriga Google a retirar fotos da orgia de Max Mosley

google-15th-birthday-390x285
Certas atitudes devem ser parabenizadas. Este mais do que justo parabéns vai para a justiça alemã ordenou, esta sexta-feira, à Google que remova as imagens das brincadeiras sadomasoquistas do ex-big boss(ta) da FIA, Max Mosley, que mostrava suas brincadeiras nada salutares.

max-mosley-nazi-cou_780786c

Uma das amiguinhas alemãs de Max vestida a carater


As imagens foram inicialmente publicadas em 2008 pelo jornal inglês News of the World, mas podem ser ainda vistas na rede mundial – tem algumas aqui… –  “violando a intimidade do denunciante”, declarou a juíza Simone Käfer, do tribunal de de Hamburgo, Alemanha.
screen-shot-2013-09-05-at-9-24-32-am

Mosley: um tapinha não dói


Max Mosley , no dia 6 novembro de 2013, obteve uma vitória similar sobre ao Google diante da justiça francesa. Na Alemanha, Max Mosley pediu ao Google que retirasse seis imagens extraídas de um vídeo divulgado em março de 2008 pelo jornal – que já não existe mais, graças ao Bom Senhor – News of the World.
art-maxmoseley-420x0

Manchete do ex-diário londrino News of the World


O vídeo mostra Max Mosley fingindo ser dominado por cinco prostitutas vestidas com fardas, algumas que poderiam lembrar as dos nazistas, além de prisioneiros dos campos de concentração. Esta brincadeira de Mosley nada sadia, foi a gota d´água para sua retirada eminente da FIA.
As moças que brincaram com Moxley

As moças que brincaram com Moxley

Sem Comentários

Insira um Comentário