Fórmula1: a culpa é da Renault, diz a RBR

Fórmula1: a culpa é da Renault, diz a RBR

RBR_F1_2014
O dono da empresa de energéticos Red Bull e da equipe de Fórmula 1 que leva o mesmo nome, o austríaco Dietrich Mateschitz, garante que não está nem um pouco preocupado com o fiasco da sua equipe neste início de ano. Durante os primeiros testes realizados no circuito espanhol de Jerez de la Frontera,  o carros da equipe austríaco completaram apenas 21 voltas em quatro dias.

O RBR10 rodou apenas 21 voltas

O RB10 rodou apenas 21 voltas


Apesar dos números pífeos , Mateschitz não está nem aí. “Os nossos problemas atuais estão relacionados com o motor Renault, não com o RB10”, afirmou em declarações ao diário austríaco Salzburger Nachrichten.
Mateschitz: “Tô nem aí...”

Mateschitz: “Tô nem aí…”


Sobre o desperdício que foi o teste, o milionário e todo poderoso dono da equipe lembrou que “não significa automaticamente que o título está perdido. Mesmo quem começa atrás tem sempre uma oportunidade. Estes problemas são, mais ou menos, os habituais com um novo motor, que seria testado pela primeira vez em pista. O momento da verdade será a primeira corrida em Melbourne”, finalizou Mateschitz .

Sem Comentários

Insira um Comentário