Fábrica do FUSO Canter em Portugal celebra 50 anos

Fábrica do FUSO Canter em Portugal celebra 50 anos

F
Unidade recebeu investimentos de 27 milhões de euros entre 2011 e 2014.
A planta industrial de Tramagal, em Portugal, está comemorando 50 anos de história neste mês. Durante esse período, foram produzidos mais de 200.000 veículos. A cerimônia da qual participou Pedro Passos Coelho, Primeiro Ministro de Portugal, representantes da Daimler AG e da Mitsubishi Fuso Truck and Bus Corporation (MFTBC), marcou o 50º aniversário da fábrica e celebrou a unidade como local de produção central do campeão de vendas internacional FUSO Canter na Europa.
“A planta de Tramagal é um exemplo excelente da marca internacional da Daimler Trucks. Os colegas portugueses colaboram intimamente com as fábricas parceiras do Japão e Índia. Isso exemplifica a parceria de sucesso entre a Europa e a Ásia. Agradeço muito a vocês por esse desempenho excelente,” disse Wolfgang Bernhard, membro do conselho administrativo da Daimler AG responsável pela Daimler Trucks e Daimler Buses.
A fábrica de Tramagal está localizada a cerca de 150 quilômetros ao nordeste de Lisboa, e ocupa uma superfície de 39.900 metros quadrados. Seus mais de 300 funcionários produzem caminhões FUSO Canter para cerca de 30 países europeus e Israel. Os principais mercados para as vendas são a Alemanha, o Reino Unido e a França. Enquanto os mercados do sul da Europa passaram por um desenvolvimento econômico volátil nos últimos anos, as vendas dos caminhões FUSO na Europa no ano passado subiram para cerca de 4.500 unidades. A disponibilidade do novo FUSO Canter com peso bruto total de 8,55 t deverá levar a marca a maior aumento de vendas na Europa este ano.
Visando preparar a fábrica para o futuro, a Daimler Trucks investiu um total de cerca de 27 milhões de euros de 2011 a 2014, dedicados à modernização das operações de produção e maior desenvolvimento do FUSO Canter em Tramagal. Em torno de 5,5 milhões de euros desse total serão gastos neste ano com novos equipamentos e com o desenvolvimento do FUSO Canter E-Cell elétrico com bateria. O governo português também está apoiando essas medidas com 3 milhões de euros.
Desde 2012, Portugal também está produzindo o FUSO Canter Eco Hybrid, a versão híbrida do caminhão. Esse caminhão leve, que economiza combustível já ganhou vários prêmios internacionais, incluindo a renomada premiação “Irish Green Commercial of the Year 2013” (Veículo Comercial Verde Irlandês do Ano de 2013). Além disso, o caminhão híbrido recebeu o “European Transport Sustainability Prize 2014” (Prêmio Europeu de Sustentabilidade nos Transportes 2014).
mc2
Renault registra vendas crescentes de seus utilitários no Brasil
Volumes no mercado brasileiro chegaram a crescer 210% em um período de cinco anos.
A Renault vem registrando vendas crescentes de seus comerciais leves no Brasil nos últimos cinco anos. Nesse período, houve um aumento percentual de 210,6% somente com os emplacamentos de dois modelos: a multivan Kangoo e a Master, que pode ser configurada em van, furgão ou chassi-cabine.
Na Europa, a Renault lidera o segmento de comerciais leves há 14 anos e em 2013 vendeu 224,8 mil unidades. Segundo a empresa, há planos de lançarem no País uma picape leve. No ano passado, enquanto o mercado brasileiro de automóveis caiu 2,4%, o de comerciais leves cresceu 2,8%, para 533 mil unidades. Nesse cenário, a Renault aproveitou melhor a expansão, com avanço de quase 10% nas vendas de Kangoo e Master em comparação com 2012. A participação da marca no segmento, que era de 11,7% em 2008, subiu: 19% em 2012, e 22% no ano passado.
Para Gustavo Schmidt, vice-presidente comercial da Renault do Brasil, a empresa se vale de muitos fatores para manter este sucesso. O pós-venda é um deles: o número de concessionárias da marca no País saltou de 175 em 2010 para 275 em 2013, e a meta para 2014 é chegar a 294 pontos. Além disso, em 2013 a empresa lançou as lojas Renault Pro+, especializadas nas vendas de comerciais leves e manutenção dirigida a esses veículos. “Já estão em operação 53 concessionárias Pro+ e deveremos chegar a 63 este ano”, aponta Schmidt. No mundo todo, a Renault tem 520 concessionárias Pro+ e deve acrescentar mais 60 pontos a este número até o fim de 2014.
A Divisão de Veículos Utilitários da Renault produz veículos em sete fábricas no mundo (incluindo duas na América do Sul, no Brasil e Argentina). Em 2013 as vendas globais de comerciais leves da marca somaram 400,5 mil unidades, em expansão de 7,8% sobre 2012. A participação de mercado caiu um pouco, para 14,5%, mas foi suficiente para manter a Renault como líder do segmento de comerciais leves.

Mauro Cassane/MM Editorial

Sem Comentários

Insira um Comentário