Schumacher: três meses em coma e nada! Há esperança?

Schumacher: três meses em coma e nada! Há esperança?

20141171629767_117183207_II
Diz aquela velha maxima: “A Esperança é a última que more”. Será? No caso de Schumacher parece que num é bem assim.  Hoje, dia 29 de março, completam- três meses desde o acidente de esqui que deixou Michael Schumacher em coma. Foi no dia  29 de dezembro que Schumy caiu e bateu fortemente sua cabeça numa pedra, quando esquiava em  Méribel, nos Alpes Franceses, na França. Infelizmente, as mudanças na condição clínica do alemão são, praticamente, inexistentes. O processo de despertar do coma  dura muitas semanas, mas Schumy continua inconsciente.

Esquiar era uma alegria para Schumy

Esquiar era uma alegria para Schumy


Os comunicados oficiais falam sempre em “estado crítico mas situação estável”, desmentindo todas as informações, sejam elas positivas ou negativas, que não tenham sido prestadas pelos médicos que atendem o alemão. O sinal mais positivo dado por Sabine Kehm, assessor de imprensa particular de Schumy , foi quando falou em  “pequenos mas encorajadores” sinais de melhoria.
Sabine Kehm: "A esperança sim!"

Sabine Kehm: “A esperança sim!”


O próximo passo terá de ser, naturalmente, acordar. Se o fizer, aí sim poderão ser colocadas as hipóteses sobre a esperança num futuro condizente com a carreira que conseguiu nas pistas. A dúvida continua a ser saber se o maior campeão de sempre da F1 alguma vez estará de volta. Difícil. Não acham?

Sem Comentários

Insira um Comentário