Greve de pilotos de Fórmula 1 no GP da China?

Greve de pilotos de Fórmula 1 no GP da China?

shangtrack
Quem diria que ia chegar o dia em que piloto de Fórmula 1 faria greve. Pois é, quatro pilotos –­ Nico Hulkenberg, Romain Grosjean, Adrian Sutil e Kamui Kobayashi –  da Fórmula 1 ameaçaram as equipes que correm com greve ao GP da China se não receberem pelo menos parte das dívidas de salários em atraso.
Tal notícia foi veículada narevista alemã “Sport Bild”, que cita os distintos cavalheiros como os tais grevistas da Fórmula 1. Questionado sobre o problema, o alemão Nico Hulkenberg soltou o verbo: “As equipes estão conscientes da situação. Um piloto pode facilmente ser substituído. Os atrasos não acontecem sem um motivo. Simplesmente não há dinheiro. A F1 é um esporte caro”.

Hulkenberg: "Se não pagarem, não corro!"

Hulkenberg: “Se não pagarem, não corro!”


E não só estes quatro distintos cavalheiros que tem cascalho para receber das equipes. O finlandês gélido Kimi Raikkonen também tem contas a saldar com a Lotus. O seu empresário esteve em conversa com dirigentes da ex-equipe do finlandês no Bahrein. Caso algum piloto concretize a ameaça não restará alternativa às equipes que não utilizar um piloto reserva.
Kimi "Pé de Cana" Raikkonen cobra a Lotus da dívida de 2013.

Kimi “Pé de Cana” Raikkonen cobra a Lotus da dívida de 2013.

Sem Comentários

Insira um Comentário