Recall do Ford Escape e C-Max Hybrid atinge 700 mil veículos no mundo

Recall do Ford Escape e C-Max Hybrid atinge 700 mil veículos no mundo

2013 Ford Escape
O Ford Escape, terceiro veículo mais vendido da marca nos Estados Unidos, atrás somente da F-150 e do Fusion, esta novamente em processo de recall depois de outros quatro em 2012 e mais três em 2013. Em 2012, a Ford tomou a iniciativa incomum de dizer aos proprietários do Escape para evitarem de dirigir o veículo, imediatamente, pois havia um problema que poderia resultar num incêndio no motor.
O site da NHTSA – Administração Nacional de Segurança do Tráfego Rodoviário, dos Estados Unidos, lista duas queixas relacionadas a maçanetas problemáticas, uma das quais pode ocasionar a abertura da porta do Escape com o veículo em movimento. A outra é a constatação de uma falha no software que controla o disparo dos airbags que podem se abrir sem necessidade ou perigo de colisão.
2013-ford-c-max-hybrid-fd
Os problemas alcançam cerca de 700.000 veículos em todo o mundo a partir dos modelos produzidos entre 2013 e 2014 dos quais cerca de 600 mil nos Estados Unidos. O recall relativo ao software do airbag também inclui cerca de 65.000 unidades do modelo C-Max híbrido. Todavia, a Ford informa que não há nenhum registro de acidente ou lesões relacionados com um ou outro recall.
A rede de concessionárias Ford já esta preparada para atender os clientes da marca que serão notificados até o final de maio, e os reparos para ambos os recalls poderão ser realizados simultaneamente.
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário