Barack Obama pede novos empregos na indústria de automóveis

Barack Obama pede novos empregos na indústria de automóveis

obama-double-finger-point-ap
O presidente Barack Obama reuniu-se com líderes empresariais na Casa Branca, na semana passada, para anunciar que o governo  realizará um novo fórum, no próximo ano, para incentivar mais empresas americanas e estrangeiras a investir nos Estados Unidos.
Para o presidente, depois da grave recessão que fechou milhares de fábricas, “o país, agora, oferece grandes vantagens para novos investimentos, como o baixo custo da energia, pelo uso do gás natural, força de trabalho altamente qualificada e a necessidade da criação de novos postos de trabalho para acelerar a recuperação da economia o que trará reflexos positivos em todo o mundo”, explicou Obama.
628x471
Entre os onze líderes convidados para a reunião de 90 minutos, estava Joe Hinrichs, presidente da Ford Américas. A Ford tem o reconhecimento do governo pelo seu esforço de produção, introdução de 23 novos veículos no mercado, em curto espaço de tempo e investimentos de 18 bilhões de dólares em 17 estados.
Além disso, a empresa investiu 200 milhões de dólares em sua fábrica de Cleveland para produzir o motor EcoBoost 2.0. Depois de criar 14 mil postos de trabalho nos últimos dois anos, a Ford já anunciou a contratação de mais 5.000 empregados até o fim de 2014.
Outros participantes do encontro com Obama foram executivos de empresas como a sueca Ericsson, com fábrica no Texas; K’Nex, na Pensilvania; Zurich Insurance Group, da Suiça; Umicore EUA, da Bélgica; a dinamarquesa Novozymes; Global Foundries; Lufthansa AG e Hankook Tire, da Coréia do Sul. Esta última, fornecerá pneus para Ford e Hyundai Motor Co. e já anunciou a construção de sua primeira fábrica nos EUA em Clarksville, Tennessee, com previsão de inauguração para 2016, com a adição de 1.600 empregos.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário