Ford anuncia nova tecnologia de direção adaptiva para seus veículos

Ford anuncia nova tecnologia de direção adaptiva para seus veículos

Ford logo 2012

A Ford anunciou o desenvolvimento de uma nova geração de tecnologia, chamada direção adaptativa, que vai revolucionar o modo de condução dos veículos da marca. Prevista para chegar ao mercado dentro de 12 meses, ela tem como objetivo tornar os veículos mais fáceis e agradáveis de conduzir em todas as velocidades e condições de rodagem, aumentando a satisfação ao dirigir e a segurança.
A tecnologia de direção adaptativa deverá ajudar os motoristas tanto em manobras em baixa velocidade e espaços reduzidos como na estrada, aumentando a agilidade e o controle do veículo. “Queremos, antes de mais nada, que todos os produtos da Ford ofereçam uma grande experiência de condução e segurança. Essa nova tecnologia de direção é capaz de tornar qualquer veículo mais fácil de manobrar e mais gostoso de dirigir”, diz Raj Nair, vice-presidente de Desenvolvimento do Produto Global da Ford.

Raj Nair, VP de Desenvolvimento de Produto Global da Ford.

Raj Nair, VP de Desenvolvimento de Produto Global da Ford.


A direção adaptativa estará disponível nos primeiros veículos a partir do ano que vem. O sistema foi desenvolvido para produção pela Ford em parceria com o fornecedor Takata, líder em sistemas de direção e segurança automotiva e membro do Ford Aligned Business Framework, programa da Ford de relacionamento com fornecedores para aprimorar a qualidade e trazer novas tecnologias mais rápido para o mercado.
DireçãoAdaptativa-1
O sistema da Ford usa um atuador de precisão instalado dentro da direção e não exige mudanças no formato tradicional da peça. O atuador – formado por um motor elétrico e engrenagem – pode, em essência, adicionar ou reduzir movimento aos comandos do motorista. O resultado é uma experiência melhor em todas as velocidades, independentemente do tamanho ou tipo de veículo.
DireçãoAdaptativa-2
Objetivamente, a direção adaptativa muda a relação entre o número de voltas que o motorista dá no volante e o grau de esterçamento das rodas dianteiras. Nos veículos tradicionais, esse movimento é feito dentro de um padrão fixo. Com a nova direção adaptativa da Ford, essa relação varia constantemente com a velocidade do veículo, otimizando a resposta em todas as condições. Em velocidades baixas, como ao entrar em uma vaga de estacionamento ou em espaços reduzidos, o sistema torna o veículo mais ágil e fácil de manobrar, já que amplifica os movimentos do motorista e exige menos voltas no volante. Em velocidades altas, ele otimiza a resposta da direção e faz o veículo reagir de forma mais suave e precisa aos comandos, aumentando o conforto da viagem.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário