Avaliação: o bom JAC J6, o carro que também é indicado para a família

Avaliação: o bom JAC J6, o carro que também é indicado para a família

J6_1

Quando do seu lançamento, em outubro do ano passado, o empresário Sergio Habib, presidente da JAC Motors Brasil falou “Facelift para chinês é completo!”. Com estas palavras, Habib apresentava a versão 2014 do monovolume J6 que passou por uma reestilização, ou facelift, tanto externamente como internamente. Ou seja: tornou-se mais atraente e convidativo. Pois bem, Super TopMotor resolveu avaliar o modelo para saber como ele se porta no dia-a-dia.
As modificações do JAC J6 externas são sensíveis e incluem na dianteira, novos faróis, novo para choque e grade redesenhados. Já na traseira, novas lanternas bipartidas horizontais e novo para-choque. Ficou interessante e chamativo.
Internamente, o JAC J6 ganhou novo painel de instrumentos e laterais de portas totalmente reestilizados. O volante também é novo, mas mantém os controles de áudio, agora concentrados do lado direito. No centro, ar-condicionado digital e rádio com CD e entrada USB, em novo design, dividem o espaço harmoniosamente. Este redesenho fez com os comandos ficassem fáceis de serem acionados.
CRL_3918
Os controles dos vidros, travas e retrovisores elétricos, além do acabamento plástico em black piano, ganharam novas posições, visando melhorias de acesso. Os faróis do novo J6 ganharam a função AUTO, que promove o acendimento automático das luzes externas de acordo com a luminosidade ambiente.
CRL_3964
O desenho do JAC J6 é bem agradável com linhas suaves e modernas, principalmente depois do facelift de 2014. As dimensões são as seguintes: comprimento de 4.550 mm; altura de 1.660 mm; largura de 1.780 mm; distância entre-eixos de 2.710 mm; peso de 1.500 kg (relação peso-potência de 11 kg/cv); porta malas com capacidade entre 120 e 2.200 litros; capacidade do tanque de combustível 68 litros.
J6_4
Quanto a motorização, o J6 conta com o bom motor 2.0 16V com duplo comando de válvula do cabeçote, que gera 136 CV de potência. As relações de marcha da transmissão de cinco velocidades não foram alteradas, embora a Engenharia da marca, em conjunto com a ação dos técnicos brasileiros, tenha promovido alterações nos engates, através de mudanças no trambulador. Os engates tornaram-se mais curtos e precisos.
CRL_3957
Pois bem, foram mais de dez dias de avaliação do modelo que se comportou muito bem na cidade. Inclusive com ele carregado com cinco adultos. Mostrou-se espaçoso e sem nenhuma reclamação dos passageiros. Um ponto positivo é o espaço que há entre os passageiros e o motorista: aqueles tradicionais chutes nas costas não existem.
Ignição ligada e vamos lá: o JAC J6 saiu-se muito bem no trânsito da cidade de São Paulo, Quem o vê, acha que é um veículo muito e de difícil condução. Ledo engano, o JAC J6 é de fácil maneabilidade. Seu motor 2.0 litros responde muito bem quando requisitado. Outro ponto muito positivo: a engenharia dá JAC resolveu o problema de sincronismo das marchas e agora são precisas. O preço do J6 2014 é de R$ 57.990 (versão de cinco lugares) R$ 59.990 (a versão de sete lugares). Vale a pena!

Fotos: Claudio Laranjeira/Divulgação JAC

 

Sem Comentários

Insira um Comentário