Coca-Cola testa semipesado Iveco movido a GNV

Coca-Cola testa semipesado Iveco movido a GNV

Coca-Cola testa semipesado Iveco movido a GNV
Iveco
Caminhão tem sistema de armazenamento com 6 cilindros de alta pressão, que permite uma autonomia de até 300 quilômetros.
A Iveco e a Coca-Cola FEMSA Brasil deram um importante passo para o desenvolvimento e implantação de veículos de transporte movidos a GNV, ao testarem um Iveco Tector 170E20 GNV para a entrega de produtos da multinacional de bebidas. A tecnologia do motor desenvolvido pela FPT Industrial permite redução de emissões de poluentes, principalmente NOx, partículas e CO2, além de proporcionar economia no custo operacional, já que o caminhão possui autonomia de até 300 quilômetros.
Os testes fazem parte de um projeto da Iveco realizado desde 2011 com diferentes empresas, contando com dois veículos leves GNV da família Daily, dois Tector 17 toneladas, preparados para coleta de lixo, um ônibus GNV e um Tector GNV alimentado com Biometano.
Fábio Nicora, engenheiro sênior de produto, responsável pela area de Inovação da Iveco, destaca que, quando comparado com o mesmo veículo a diesel, o modelo movido a GNV gera uma redução de 86% de NOx, 77% de partículas e 25% de CO2. “Essa tecnologia é popular na Europa na coleta de lixo e no transporte feito por ônibus urbanos. A tendência é de que o Brasil siga esse caminho nos próximos anos, com o aumento da frota de caminhões e ônibus GNV. A Iveco investe no que acreditamos ser um movimento cada vez mais necessário, menos poluente e com mais economia operacional”, complementa o engenheiro.
O Tector da Coca-Cola FEMSA Brasil começou a rodar durante a Copa das Confederações 2013, na entrega de bebidas no Mineirão, em Belo Horizonte. Depois da competição, o veículo foi utilizado em outras regiões da cidade, e voltou a abastecer o estádio no período da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.
Um dos benefícios adicionais do GNV aplicado ao transporte é que o motor tem emissões sonoras menores, seis decibéis a menos quando comparado com o motor diesel. Todos os testes contaram com o suporte da FPT Industrial.
Caminhão VW vira cozinha itinerante no Rio de Janeiro
mc5

Veículo foi exibido no evento “Rio Gastronomia 2014”.

Um caminhão Delivery 9.160 transformado em uma cozinha itinerante é uma das principais atrações do Rio Gastronomia 2014, festival que acontece até 24 de agosto e que reúne diversas atividades ligadas à gastronomia, arte, música e cinema da cidade do Rio de Janeiro. Denominado Cozinha Show, o caminhão leva ao público experiências gastronômicas diferenciadas, o que inclui aulas de culinária com direito a degustações com as maiores referências da gastronomia da cidade.
A linha de caminhões Volkswagen Delivery é conhecida por sua fácil manutenção, agilidade no trânsito urbano e muito conforto para o motorista. Indicado para entregas urbanas com rapidez nos serviços rodoviários de curtas e médias distâncias, o Delivery 9.160 traz importantes vantagens operacionais em relação aos seus concorrentes. Com o entre-eixo de 4.300mm, garante uma capacidade de carga útil de até 5.760 kg. Seu freio a tambor nas quatro rodas proporciona maior durabilidade e eficiência, além do baixo custo de manutenção.
 

Mauro Cassane/MM Editorial

Sem Comentários

Insira um Comentário