Rally dos Sertões : vitória de Reynaldo Varella/Gustavo Gugelmin

Rally dos Sertões : vitória de Reynaldo Varella/Gustavo Gugelmin

232175_430997_308___reinaldo_varela_gustavogugelmin_press
Só dá Brasil na edição 2014 do Rally dos Sertões: a dupla Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin  cumpriu o que prometeu e acelerou ao máximo o seu protótipo de 340 cavalos e venceu hoje, dia 26 de agosto, a terceira etapa do Rally dos Sertões 2014, para recuperar o tempo perdido com a penalidade que sofreram no dia anterior. Eles cumpriram a Especial de 206 km entre Catalão (GO) e Paracatu (MG) em 2h34min29s, com 1min19s de vantagem sobre Christian Baumgart/Beco Andreotti, e 2min01s sobre Guilherme Spinelli/Youssef Haddad, os líderes da competição.
“Temos que recuperar o tempo perdido, então, não podemos aliviar em nenhum momento. Aceleramos o que deu e está ai o resultado. Deu pra tirar dois minutos dos líderes. Tenho certeza de que amanhã será outro belo dia”, comentou Reinaldo Varela, que agora está na quarta posição no tempo acumulado.
“Fizemos uma prova limpa hoje, não tivemos nenhum problema. Foi uma etapa curta, de apenas 120 km cronometrados, pois tinha muita zona de radar na Especial. Mas amanhã já terá uns 300 km. Quanto mais quilometragem o rali tiver será melhor para a gente, pois podemos tentar diminuir a diferença e voltar a brigar pela ponta”, analisa o navegador Gustavo Gugelmin.
O jovem Gabriel Varela novamente teve outro bom desempenho entre os Quadriciclos e terminou na segunda posição e subiu para o terceiro posto na classificação geral, apenas 5min12s atrás do líder Marcelo Medeiros, vencedor da etapa.

Gabriel Varella corre

Gabriel Varella corre nos Quads


“Deu tudo certo hoje. A cada dia estou tendo um desempenho melhor e estamos bem perto dos primeiros. A hora de vencer uma Especial está chegando!”, comemorou Gabriel, cada vez mais líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.
“A prova foi muito rápida, principalmente na parte final, nos trechos de eucaliptos. Teve muita navegação, com muita pegadinha nos waypoints. Fiz uma prova limpa, sem nenhum erro, acelerando forte. O meu Quadri Can-Am está 100%, perfeito neste tipo de terreno mais aberto”.
Rodrigo Varela e o navegador João Arena largaram da nona posição e enfrentaram as dificuldades de realizar várias ultrapassagens em curta distância, enfrentando a poeira levantada pelos UTVs da frente. Mesmo assim, por pouco não venceram esta terceira etapa. A vitória ficou com a dupla André Sawaia/Eduardo Costa.
UTV: Rodrigo Varella e João Arena

UTV: Rodrigo Varella e João Arena


“Tivemos um excelente desempenho, pois largamos atrás e tem toda aquela dificuldade de poeira e ultrapassagens. Isto considerando também que sofremos com um pneu furado e mesmo assim quase vencemos. A diferença foi de apenas um minuto do vencedor de hoje e de 21 segundos do concorrente à frente”, contou Rodrigo. “Ficar em terceiro hoje já foi muito bom. Estamos na briga, há apenas 30 segundos para retomar a liderança”, comemora o navegador João Arena.
Amanhã, dia 27 de agosto, o Rally dos Sertões cumpre mais 585 km, dentro de Minas Gerais, entre Paracatu e São Francisco. A terceira Especial terá 364 km cronometrados, e precede a temível Especial Maratona de quinta-feira, quando os concorrentes percorrerão mais 700 km sem apoio mecânico.
Confira os cinco primeiros do 3º dia (extra-oficial):
Carros – 1) Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin, 2h34min29s; 2) Christian Baumgart/Beco Andreotti, 2h35min48s; 3) Guilherme Spinelli/Youssef Haddad, 2h36min30s; 4) Marcos Baumgart/Kleber Cincea, 2h37min47s; 5) Romeu Franciosi/Rogério Almeida,2h40min58s.
UTV – 1) André Sawaia/Eduardo Costa, 2h51min02s; 2) Denísio Casarini Filho/Eduardo Shiga, 2h51min43s; 3) Rodrigo Varela/João Arena, 2h52min04s; 4) Lucas Barroso/Lauro Sobreira, 2h52min14s; 5) José Hélio/Edmilson Camargo Jr., 2h52min58s.
Quadriciclo – 1) Marcelo Medeiros, 2h46min58s; 2) Gabriel Varela, 2h48min51s; 3) Robert Nahas, 2h53min59s; 4) Nei Costa, 2h55min01s; 5) Tom Rosa, 3h01min17s.

Sem Comentários

Insira um Comentário