Manutenção preventiva: dicas para cuidar dos amortecedores

Manutenção preventiva: dicas para cuidar dos amortecedores

cockpit automóvel amortecedor
O amortecedor, principal componente do sistema de suspensão, é o responsável por controlar o movimento das molas no veículo, fazendo com que o pneu mantenha o máximo de contato com o solo. Caso os amortecedores não estejam atuando corretamente, há o comprometimento da estabilidade, do conforto e da segurança do veículo.
A suspensão tem dois papéis fundamentais: o primeiro deles é garantir o conforto dos ocupantes do carro, absorvendo o impacto de obstáculos como buracos, lombadas e irregularidades. O segundo é garantir a estabilidade do carro nas curvas e ao passar pelos obstáculos citados. Segundo Leandro Vanni, engenheiro de serviços da DPaschoal,  sistema de suspensão tem como principais componentes amortecedores, molas, buchas, bandeja (balança), pivô, coxim, coifa e batente.
teste
Para evitar problemas graves com o sistema de suspensão, o engenheiro lista cinco sinais importantes que o motorista deve ficar atento ao dirigir seu automóvel:
Amortecedores_e_molas
1 – Ruídos ao transpor obstáculos
2 – Instabilidade da carroceria do veículo ao transpor obstáculos
3 – Impactos “secos” ao cair em buracos
4 – Instabilidade em curvas
5 – Veículo que canta pneus em curvas.
Vanni finaliza explicando que “a revisão deve ser feita a cada seis meses ou 10.000km. Transpor obstáculos em alta velocidade, impactos constantes contra meio fio e buracos e rodar com outros componentes danificados espacialmente molas são ações que podem encurtar a vida útil dos amortecedores”.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário