Fórmula 1: censura proíbe tais comandos dos boxes aos pilotos

Fórmula 1: censura proíbe tais comandos dos boxes aos pilotos

images (1)
E a censura chegou mesmo a Fórmula 1. Os dirigentes, ao que tudo indica, estão numa verdadeira “Anos de Chumbo” – mesma coisa que aconteceu na história recente do Brasil onde a comunicação e os pontos de vista eram proibidos – a caça das bruxas. E a desculpa para tal censura é a seguinte: medida para aumentar o espetáculo e emoção na Fórmula 1. A proibição de determinadas instruções via rádio entre pilotos e equipes está gerando muita polêmica. E a FIA, como o governo militar brasileiro dos anos 60 – decidiu por escrito o que pode ou não ser feito.
0002050029323_img
No documento oficial, a FIA revela que a proibição se estende também ao muro das boxes, ou seja, a informação que passa agora a não ser permitida via rádio também não poderá ser passada através das velhas  placas exibidas no muro da reta da meta.
f1-rosberg-mercedes-700
Confira a lista de proibições (via rádio e placas):
– Detalhes de tempo de setor de um piloto ou dizer que ele está mais rápido ou mais lento.
– Ajuste de unidades de potência e respectivos sistemas
– Ajustes na caixa de velocidades
– Informações sobre os níveis das baterias ou ajustes de performance
– Informações sobre fluxo de combustível (a não ser se for pedido pela direção de prova)
– Informações sobre o consumo e economia de combustível.
– Informações sobre pressão de pneus ou temperaturas (só será banido a partir do GP do Japão)
– Informação sobre mapa de embreagem ou acertos
– Informação sobre equilíbrio dos freios
– Aviso sobre uso dos freios ou temperaturas (só será banido a partir do GP do Japão)
– Responder uma pergunta direta de um piloto, por exemplo: “O torque é o ideal?”
– Qualquer mensagem que aparente ser codificada
 

Sem Comentários

Insira um Comentário