Aceleradas: GP Cingapura- Hamilton vence e foi magistral

Aceleradas: GP Cingapura- Hamilton vence e foi magistral

252640
Lewis Hamilton fez a pole e ganhou a corrida quase que de ponta a ponta. Nico Rosberg abandonou, entregou a liderança ao inglês e Massa pontuou de novo
Por: Edison Ragassi
252610
Os treinos classificatórios para o GP de Cingapura confirmaram que as Mercedes continuam dominando a temporada. Lewis Hamilton marcou a pole com uma diferença de apenas 7 milésimos para seu principal rival Nico Rosberg. Mas, dependendo da pista, as outras se aproximam, foi o que aconteceu no circuito de Marina Bay. Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel, ambos da RBR, marcaram terceiro e quarto. Fernando Alonso que leva a Ferrari no braço foi o quinto. Felipe Massa (Williams) saiu na sexta posição, enquanto seu companheiro Valtteri Botas partiu da oitava, entre eles, o outro piloto da Ferrari, Kimi Räikkönen.
252605
Ao iniciar a volta de apresentação, o destino do campeonato foi traçado. Rosberg não conseguiu sair, pois o volante de seu carro parou de funcionar. Dada a largada, Hamilton não teve dificuldades para manter a liderança. Alonso pulou para o segundo lugar, mas devolveu a posição porque passou na linha de fora da pista. O brasileiro que havia herdado um lugar porque Nico saiu dos boxes, fez uma largada conservadora, afinal não podia bater e caiu para a sexta posição.
252630
Daí pra frente a corrida foi morna. Sem muitas disputas, pois a prova era longa, e as equipes contavam com a entrada do safety car para pelo menos fazer uma troca a menos e conquistar posições na estratégia. Rosberg fez o que pode para permanecer na disputa, até trocou o volante mais uma vez, só que também não funcionou. Ai o negócio foi assistir nos boxes e ‘secar’ o Hamilton.
252621
Massa chegou a andar na segunda colocação, depois da primeira parada foi para quinto, posição que manteve até o final, mesmo depois da segunda troca. O carro de segurança entrou, após o toque entre Adrian Sutil (Sauber) e Sergio Perez (Force India).
252626
Para Massa foi bom, contrariando os técnicos da Pirelli que aconselharam a Williams a fazer três trocas, ele e Botas conseguiram terminar a prova com dois pits.
252635
Hamilton fez três, antes da última parada, andou em ritmo de classificação, e voltou na segunda posição, atrás de Vettel. Passou o alemão rapidinho, indo pra vitória que o colocou na liderança do campeonato. O inglês soma 241 pontos, Rosberg agora é segundo com 238, seguido por Ricciardo que tem 181. Depois de pontuar em duas corridas seguidas, Felipe Massa chegou a 65 pontos, está na 9ª posição, ainda atrás de Bottas que tem122, e a equipe está bem. Com 187 pontos a Williams é a terceira no mundial de construtores, a segunda é a RBR com 305 e a Mercedes soma 479 pontos.
Marcaram pontos no GP de Cingapura
252639
1- Lewis Hamilton
2- Sebastian Vettel
3- Daniel Ricciardo
4- Fernando Alonso
5- Felipe Massa
6- Jean-Éric Vergne
7- Sergio Pérez
8- Kimi Räikkönen
9- Nico Hulkenberg
10- Kevin Magnussen
252647
A disputa continua dia 05 de outubro no Japão, a Mercedes é favorita. Na pista de Suzuka, a Williams pode surpreender. Felipe Massa parece que recuperou a confiança, as RBR andam melhor e Alonso sempre tira leite de pedra com a Ferrari. Promete muitas emoções.
Rapidinhas
Guiei como uma vovó
Contrariando a recomendação da Pirelli, a Williams disse para Massa continuar na pista e ir até o final com os compostos. E ele fez o que pode para terminar sem troca. “Acho que nada nesse mundo é impossível. Quando a minha equipe falou que eu deveria ir até o final com aquele pneu, dei risada, achei que era impossível, mas aí passei a guiar como uma “vovó”. Deu certo, cheguei ao final, marquei pontos importantes. Pena que nosso companheiro teve problema no final, senão teríamos acumulado ainda mais pontos”, falou o brasileiro em entrevista a TV Globo.
Faltou o rádio
A FIA proibiu as equipes de passar algumas informações aos pilotos. Só que não ficou muito claro o que pode, ou não ser falado. Resultado, depois do safety car, Hamilton não sabia que atitude tomar. “Estava sem saber direito o que deveria fazer. Estiquei o máximo que pude a troca de pneus, quando ouvi dizer que precisava abrir 27 segundos de vantagem sobre Vettel. O safety car me causou muitos problemas, mas felizmente consegui chegar onde precisava”, falou o vencedor.
Três carros por equipe
252594
A falta de dinheiro ameaça Lotus, Sauber, Marussia e Caterham de deixar a F-1. Bernie Ecclestone, diretor-executivo da FOM (Formula One Management), já tem um ‘plano B’ para não esvaziar o grid, aprovar que as equipes tenham três carros cada uma.”Tem sido um pensamento. Se perdermos mais de três equipes, então as outras equipes correrão com três carros. Acho que deveríamos fazer isso de qualquer forma. Eu preferiria ver a Ferrari com três carros, ou qualquer outra grande equipe, do que ver outras equipes sofrendo”, declarou o chefão. Mas eu fico com uma dúvida. No caso da Ferrari, ela elegeria um piloto número 1 e os outros dois correriam por ele?
 

Sem Comentários

Insira um Comentário