Aceleradas: GP Japão- A chuva ajuda Hamilton e provoca acidente

Aceleradas: GP Japão- A chuva ajuda Hamilton e provoca acidente

253505
O inglês da Mercedes vence mais uma e se consolida na liderança da competição. O fato negativo foi o acidente grave sofrido por Jules Bianchi
Por: Edison Ragassi
Fim de semana agitado na terra do sol nascente. Os treinos começaram com ameaças da chegada de um tufão e a declaração de Christian Horner, chefe da equipe RBR, de que Vettel deixa o time para defender a Ferrari na próxima temporada.
253468
Pronto, confusão armada! Todas as atenções estavam voltadas para o atual piloto da Ferrari Fernando Alonso, já que era esperado o anuncio do espanhol na McLaren, ano que vem, a equipe britânica terá os motores japoneses da Honda.
253469
O que era pra ser segredo, Horner soltou em comunicado oficial e disse mais, o russo Daniil Kvyat (STR) vai para a RBR no lugar do tetracampeão. O único problema foi que Alonso não confirmou qual será seu destino. Falou-se até em ano sabático.
253515
Não acredito que a Ferrari tenha dispensado Fernando, principalmente nesta fase de reestruturação. O time está reconstruindo a estrutura e precisa do melhor piloto para desenvolver o carro. Além disso, como a vida não está fácil pra ninguém, do dinheiro que Alonso leva, não vamos esquecer que o banco Santander vai com ele para todo o canto.
253536
O que deve ter acontecido é que o espanhol acertou sua vida, talvez com os ingleses e japoneses. Ai os italianos correram atrás do alemão e tudo era segredo. Deu no que deu.
Mas digamos que, não seja a McLaren. O espanhol passou por lá e não deixou boa impressão. Ele quer a Mercedes, e a estrela prateada não o quer. Então, qual seria seu caminho? Vamos prestar atenção em outra possibilidade. Apesar de combalida financeiramente, a Lotus mostrou na temporada passada que sabe fazer carros. Ano que vem, eles terão propulsores Mercedes-Benz, os melhores da atualidade. Com a chegada de Alonso e o Banco, o espanhol teria todas as atenções como gosta, e poderia levar o time a reencontrar as vitórias. Pense nisso e fique atento!
Bem, agora vamos falar da corrida. O Japão costuma ser palco de emocionantes disputas, o que desta vez não aconteceu. Muita chuva na largada, o que fez os pilotos partirem com o safty car a frente. Isso durou três voltas e os carros pararam no pit lane. Nova saída, e na volta 10, o carro de segurança deixou os pilotos correrem.
253552
Jenson Button (McLaren) foi para os boxes e trocou os pneus de chuva forte para intermediários e começou a andar rápido. Tanto que, quando os ponteiros, Nico Rosberg e Lewis Hamilton, ambos da Mercedes, fizeram a troca, o inglês da McLaren segurou a terceira posição.
253548
A chuva não fez bem aos carros da Williams. Valtteri Botas e Felipe Massa, depois de conquistarem respectivamente terceira e quarta colocações nos treinos, foram engolidos pelas RBRs de Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo. Massa até tentou segurar, mas não obteve sucesso. E Alonso ficou na quarta volta. Sua Ferrari simplesmente apagou.
253568
Como a chuva ia e voltava, os pilotos procuravam manter os carros na pista. Menos Hamilton. O inglês abusado, andou muito forte e na volta 29 passou Rosberg como uma flecha prateada. A partir daí só aumentou a diferença, tirando qualquer esperança do alemão de tentar uma reação.
253490
A corrida permaneceu morna até a escapada de Adrian Sutil (Sauber) que parou na brita. Aquele pequeno trator que retira o carro estava fazendo seu trabalho, quando Jules Bianchi (Marussia), escapou e bateu no trator. Em 2003, aqui em Interlagos, Michael Schumacher, passou pelo mesmo problema na curva do sol, porém, existiu o quase, ou seja, ele quase bateu. E de lá pra cá ninguém falou mais nada sobre isso. Agora o piloto frances sofreu traumatismo e foi operado. Os organizadores não deixaram as imagens serem exibidas, tentaram esconder. Mas a verdade é que, não dá pra ter um trator na beirada da pista, com carros passando a 300 km/h bem ao lado.
253604
Marcaram pontos no GP do Japão
1- Lewis Hamilton
2- Nico Rosberg
3- Sebastian Vettel
4- Daniel Ricciardo
5- Jenson Button
6- Valtteri Bottas
7- Felipe Massa
8- Nico Hülkenberg
9- Jean-Eric Vergne
10- Sergio Pérez
No campeonato Hamilton aumentou a diferença, tem agora 266 pontos contra 256 de Rosberg. Ricciardo soma 193 e Vettel 139 pontos, respectivamente em terceiro e quarto. E Massa permanece na nona posição com 71 pontos.
O campeonato de construtores tem a liderança folgada da Mercedes com 522 pontos, em segundo está a Red Bull, soma 332 e a Williams é a terceira, tem 201 pontos.
A próxima etapa será na Rússia, dia 12/10, pista nova e desconhecida, dá pra falar que a Mercedes é favorita, o restante vamos ver no domingo.
Rapidinhas
Eu avisei
253537
Felipe Massa pediu várias vezes que a prova fosse encerrada, mas os dirigentes não atenderam. “Na minha opinião, a corrida começou muito cedo e terminou muito tarde. Estava gritando no rádio cinco voltas antes do carro de segurança entrar que havia muita água na pista. Estava perigoso”. E o acidente aconteceu. Até o fechamento da Coluna, ainda não haviam divulgado boletim médico sobre o real estado de Jules Bianchi.
Sem comemoração
O pódio do GP do Japão aconteceu sem alegria, em todo o autódromo a aura era de preocupação. “Obviamente é um total anticlímax ouvir que um dos nossos queridos colegas está seriamente machucado. Então esta é a nossa maior preocupação”, disse Hamilton, vencedor da prova à BBC de Londres.
Alonso? Aqui não!
253512
Considerado o melhor piloto em atividade, o espanhol Fernando Alonso, também é conhecido por ser desagregador. Por isso a Mercedes quer ele bem longe. “Temos Lewis e temos Nico. Temos os dois melhores pilotos. Por que troca-los? Não temos interesse em Alonso. Estamos negociando com Lewis para ampliar dois ou três anos mais de seu contrato”, afirmou Niki Lauda, diretor da equipe alemã. Esta afirmação também sugere uma especulação. Estaria Hamilton esperando o titulo e depois voltaria para a McLaren?
 
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário