Emplacamentos de veículos crescem 8% em setembro, diz Fenabrave

Emplacamentos de veículos crescem 8% em setembro, diz Fenabrave

mc1
Caminhões tiveram alta de 3,43% no mês de setembro, mas caíram 12% na comparação com o mesmo mês de 2013.
De acordo com o levantamento realizado pela Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, entidade que representa mais de 8.000 concessionárias de veículos em diversos segmentos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, como carretinhas para transporte), o total de emplacamentos no mês de setembro foi 8,08% maior que o registrado em agosto. Ao todo, foram comercializadas 436.885 unidades no 9º mês de 2014, contra 404.224 em agosto.
Em relação ao mesmo mês do ano passado (450.037), a queda foi de 2,92%. No acumulado, a retração foi de 7,99% para todos os setores somados. Foram emplacadas, de janeiro a setembro deste ano, 3.769.987 unidades, contra 4.097.493 no mesmo período do ano passado.
Com relação ao segmento de caminhões, o desempenho em setembro deste ano foi 3,43% superior ao de agosto, e 12,85% menor no comparativo com setembro de 2013. Ao todo, foram comercializadas 11.303 unidades em setembro, contra 10.928 em agosto e 12.696 em setembro do ano passado. No acumulado, o segmento registrou queda de 13,74%, passando de 115.944 unidades em 2013 para 100.016 este ano.
 
Scania anuncia novidades na área de serviços
mc0
Entre elas estão a nova categoria do Programa de Manutenção e um novo gerente de Vendas para o Brasil.
A Scania lança o Mais, a nova categoria do Programa de Manutenção da empresa, que passa a oferecer cinco níveis. Além disso, o Departamento de Serviços registra a chegada de Pietro Nistico Neto como novo gerente de vendas de peças e serviços para o Brasil. O executivo substitui Silvio Renan Souza, transferido para a Scania México.
Segundo a fabricante, o aumento na aquisição de serviços por parte dos transportadores é uma tendência definitiva, pois a redução dos custos operacionais é garantida. No balanço do primeiro semestre de 2014 em comparação ao mesmo período de 2013, houve incremento de 12,6% nas vendas de peças e de 8% nas de programas de manutenção da Scania.
“A Scania entende serviços como foco estratégico do negócio, e não apenas um portfólio oferecido ao cliente. A chegada de um profissional da competência do Pietro reforça nossa equipe, que já é vencedora. Seu conhecimento de anos trabalhando com o mercado de peças de reposição traz uma bagagem valiosa para nosso dia a dia”, afirma Fabio Souza, diretor de Serviços da Scania no Brasil. “O lançamento do Scania Mais acentua nosso compromisso de investir constantemente na ampliação de soluções que aumentem a rentabilidade do cliente”, acrescenta Souza.
O novo Programa de Manutenção Scania agora conta com cinco categorias. A novidade, o Scania Mais, contempla todas as revisões e a mão de obra necessárias à realização das manutenções corretivas decorrentes de desgaste natural. O valor será calculado a partir de variáveis como tipo de veículo, implemento utilizado, aplicação/operação, quilometragem rodada por ano, treinamento do motorista e tempo contratado. O pagamento é feito por meio de uma taxa mensal cobrada conforme a quilometragem rodada.
“As soluções de serviços Scania atendem às necessidades dos clientes no que de fato precisam. Minha missão será continuar buscando as melhores alternativas para tornar as operações mais rentáveis”, diz Pietro Nistico Neto, novo gerente de vendas de peças e serviços da Scania no Brasil.
Pietro Nistico Neto, 48 anos, é natural de São Paulo (SP), casado e tem dois filhos. Começou na Scania como estagiário da engenharia de produção em 1987. Após um período fora do País, entre 1990 e 1991, retornou à empresa como comprador de estampados. Depois de sete anos na função foi promovido a chefe do grupo de compras de peças de diversos itens do caminhão, como sistema de freio e cabinas. Sua função nos últimos dois anos foi de gerente regional de compras para o mercado das Américas.
 

Mauro Cassane/;MM Editoria

Sem Comentários

Insira um Comentário