Fórmula 1: Mercedes-Benz desafia Audi e BMW a participarem da categoria

Fórmula 1: Mercedes-Benz desafia Audi e BMW a participarem da categoria

BMW-Audi-Mercedes-Benz
Não é brincadeira não! A disputa pelo mercado de carros premium e na categoria DTM – o tal campeonato de marcas alemão – Mercedes, Audi e BMW crescesse ainda mais. E quem lançou o desafio foi a própria Mercedes, campeão do Mundial de Construtores da F1, que seus concorrentes diretos participem também da Fórmula 1.
05dtm-header-600x300
“Partilhamos cerca de 80  do mercado Premium com a Audi e a BMW. Claro que admiramos muito a Red Bull, a Ferrari e as outras equipes, não obstante outros construtores seriam muito bem-vindos para nós”, afirmou Dieter Zetsche, CEO da Daimler, em entrevista ao diário alemão ‘Sport Bild’.

Dieter Zetsche quer ver as três alemãs na Fórmula 1

Dieter Zetsche quer ver as três alemãs na Fórmula 1


O desejo do executivo da Daimler esbarra nas pretensões e interesses das duas outras marcas. A BMW foi parceira da Sauber entre 2006 e 2009, mas sem planos para a Fórmula 1 na atualidade. A Audi, por outro lado, contratou Stefano Domenicali, ex-chefe de equipe da Scuderia Ferrari, mas não deverá desistir dos protótipos e competições de turismo antes de 2020.
Stefano Domenicali trocou a Ferrari pela Audi. O que será que vem por aí?

Stefano Domenicalli trocou a Ferrari pela Audi. O que será que vem por aí?


“Nunca imaginamos que o sucesso seria tão difícil e demoraria tanto para chegar”, afirmou  Zettsche, reforçando o compromisso da marca com a competição. “Se nós vamos fazer algo, nós o faremos apropriadamente”, completou. Por outro lado, Zetsche afirmou que a Fórmula E, “merece ser considerada” no futuro, mas coloca de parte um retorno às 24 horas de Le Mans.

Sem Comentários

Insira um Comentário