J2 JET FLEX, J3 IEV e T5: as novidades da JAC neste fim de ano

J2 JET FLEX, J3 IEV e T5: as novidades da JAC neste fim de ano

Jac_J2_BUF10
Em seu lançamento, no Salão do Automóvel de 2012, o J2 apresentou-se como um automóvel compacto, bem equipado, de design moderno e extremamente ágil e veloz. Dois anos depois, o modelo realça essas características com a nova motorização, que substituirá a anterior. Ele virá equipado com o conhecido motor 1.4 16V VVT, mas bicombustível, ou Jet Flex, como é chamado pela marca.
Jac_J2_BUF06
Disponibiliza, na nova configuração, 110 cv quando abastecido com gasolina e 113 cv com etanol. Como todos os modelos flexíveis da JAC, o J2 também não necessita de tanquinho da partida a frio. A tecnologia Jet Flex, ao dispensar o reservatório, aprimora a praticidade de uso, tendo em vista que o dono do carro não precisa se lembrar corriqueiramente de abastecer o tanquinho no inverno ou se preocupar com gasolina “velha” por falta de uso no recipiente quando está no verão.
Jac_J2_BUF04
A nova calibração do sistema de injeção/ignição eletrônica, feita especialmente para o uso dos dois combustíveis em qualquer proporção, garantiu um ganho de 2 cv em relação à versão anterior movida a gasolina. Agora imagine essa cavalaria para impulsionar um carro de somente 915 kg? A relação peso/potência de 8,1 kg/cv é, seguramente, a melhor do mercado brasileiro em modelos compactos de entrada.
Jac_J2_BUF08
Com esse pacote, a esportividade, algo que nem é esperada em modelos na faixa de R$ 30 mil a R$ 40 mil, torna-se uma vantagem intrínseca ao novo J2. O modelo chega nesta semana às concessionárias JAC Motors de todo o país por R$ 35.990. Com comportamento de um legítimo “pocket rocket”, o J2 ultrapassa a marca de 190 km/h e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9s6.
Jac_J2_BUF02
No exterior, apenas o pára-choque traseiro mudou, e agora tem desenho inspirado em um extrator de ar. O compacto continua completo ao oferecer direção elétrica, ar condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, CD Player com USB  e até sensor de estacionamento.
Com um dos maiores e mais importantes mercados de carros elétricos do mundo, a JAC Motors iniciou seus trabalhos neste segmento em 2010. O JAC IEV, exposto recentemente no Salão do Automóvel de São Paulo, corresponde à quarta geração dos modelos de propulsão totalmente elétrica da JAC na China.
Jac_J3_IEV_BUF15
Dotado de larga autonomia e usando um menor tempo de recarga, o avanço contínuo das gerações vai tornando os carros elétricos cada vez mais práticos. O modelo alcança velocidade máxima de 100 km/h e garante autonomia de até 170 km. O tempo de recarga é de 12 horas no modo lento e 6 horas na rápida, auxiliado por um pequeno poste portátil que faz a interface de tomadas. A propulsão é feita através de um motor 100% elétrico de 42 kW, alimentado por baterias de lítio.
Jac_J3_IEV_BUF12
A JAC Motors aproveitou o Salão do Automóvel para mostrar que entrou de vez na briga no segmento dos SUV’s. Além do lançamento do T6, todos puderam ver de perto a grande aposta da JAC para 2015, o T5. Recém-lançado na China, o modelo é um dos maiores sucessos da história da JAC Motors no mercado local, com volumes de mais de 10 mil unidades mensais.
Jac_T5_BUF36
A novidade desembarcou por aqui para iniciar as primeiras baterias de testes e todo o processo de nacionalização do modelo. Assim como todos os carros lançados pela JAC Motors até hoje no Brasil, o T5 rodará cerca de 1 milhão de quilômetros e passará por todos os ajustes e as alterações necessárias para ficar do jeito que o brasileiro gosta.
Jac_T5_BUF04-2
Segundo SUV da marca, o T5 exibe um design atual e agressivo, que certamente se distinguirá no segmento ao qual vai disputar. A carroceria possui 4,325 metros de comprimento e 2,56 m de distância entre-eixos, que garantem ao T5 porte e espaço de sobra para encarar seus rivais. O design mescla belas linhas da carroceria à combinação de plástico preto na parte inferior dos pára-choques, incluindo frisos cromados na parte de cima.  Faróis com led e projetores garantem um belo visual, assim como as lanternas de led na traseira.
Jac_T5_BUF15
No T5, a marca irá lançar seu primeiro câmbio automático, do tipo CVT, com relações continuamente variáveis. Esse câmbio será uma das opções do modelo, uma vez que a versão com caixa manual de mudanças também estará disponível. Aliás, os dois tipos de câmbios estarão expostos no Salão do Automóvel. O motor será o já conhecido 1.5 16V VVT Jet Flex, de 127 cv com etanol e 125 cv na gasolina, o mesmo que já é utilizado no J3 S 1.5 Jet Flex.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário