Fórmula 1: quebra da Marussia dá prejuízo a Ferrari e McLaren

Fórmula 1: quebra da Marussia dá prejuízo a Ferrari e McLaren

marussia-logo-2-on-blsck
A Marussia, como se sabe, foi obrigada e fechar as portas e vender seu espólio. Porém, a equipe russa causou prejuízo a dois fornecedores: a Ferrari e a McLaren em mais de 31 milhões de euros (R$ 102 milhões).
A informação foi noticiada pelo diário inglês “The Telegraph”, com base no estudo feito pelos administradores legais sobre a situação financeira da Marussia. Segundo o documento, a divida da Marussia com a Ferrari pelo fornecimento de motores V6 Turbo ascende a mais de 20 milhões de euros (R$ 68 milhões).

O motor Ferrari

O motor Ferrari


Já a McLaren, que tinha uma parceria técnica com a formação chefiada por John Booth, terá um prejuízo de 9 milhões de euros (R$ 34 milhões). Ainda, segundo o jornal, a Lloyds Development Capital, divisão privada do banco Lloyds, tinha cerca de 17 milhões de euros (R$ 23 milhões) como garantia dos ativos da Marussia.

Sem Comentários

Insira um Comentário