Dakar 2015: participantes fazem homenagem às vítimas da "Charlie Hebdo"

Dakar 2015: participantes fazem homenagem às vítimas da "Charlie Hebdo"

dakar2015_gustavoepifanio_030120150014782
Vítima do terrorismo em várias situações quando era realizado na África, o Rally Dakar convocou para hoje às 18h30 (19h30 horário de Brasília) uma manifestação de apoio às vítimas do ataque à sede da revista Charlie Hebdo, localizada em Paris. O atentado deixou 12 mortos e vários feridos. A organização do evento fica na capital francesa.
Cartazes em diversos idiomas foram espalhados no acampamento montado na cidade de Antofagasta, às margens do Oceano Pacífico, no Chile, com o convite para os cerca de 3.000 participantes do evento: pilotos, navegadores, equipes, membros da organização, jornalistas e visitantes. O Dakar pede, ainda, que as equipes levem bandeiras dos respectivos países.
O encontro foi marcado no “centrinho” do acampamento, onde fica o restaurante. Ali normalmente são realizados os briefings diários no final do dia e é acesa uma grande fogueira. O local, usado para confraternização e onde os competidores contam histórias sobre a corrida, dará lugar à homenagem às vítimas do ódio.

Sem Comentários

Insira um Comentário