Mercado de veículos seminovos cresce 7,2% em relação a 2013, diz pesquisa

Mercado de veículos seminovos cresce 7,2% em relação a 2013, diz pesquisa

carrosebc
O consumidor brasileiro fez suas escolhas e elegeu os veículos seminovos como nova opção para quem deseja adquirir um carro de boa qualidade a um custo competitivo. Essa é a tendência comprovada com o fechamento dos números do mercado de veículos seminovos, divulgada pela Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores – FENAUTO, referente ao movimento em 2014.
A preferência do consumidor por um veículo seminovo se refletiu no aumento de 7,2% nas vendas durante o ano de 2014, em comparação com o ano de 2013. Os destaques desse crescimento ficaram com a região Nordeste que apresentou um crescimento de 13,2%, e a comercialização de veículos seminovos entre 4 e 8 anos de uso, com crescimento de 9,9%.
Para Ilídio dos Santos, Presidente da FENAUTO, essa é uma tendência que deve continuar a produzir efeitos em 2015. “Percebemos esse movimento há alguns meses, de forma constante e progressiva. Está bem claro para nós que o consumidor está procurando oportunidades mais vantajosas para a compra de veículos. Por isso, vem optando pela escolha de seminovos que oferecem praticamente os mesmos benefícios de um carro novo, mas com custos menores e até garantias originais, em alguns casos. Essa procura cada vez mais por seminovos deve se expandir neste ano, já que a oferta de crédito e financiamento para a aquisição de veículos seminovos também deverá aumentar. Estamos otimistas com isso.”
Logo Fenauto Corrigido
Durante o ano de 2014, o setor de seminovos e usados foi responsável pela comercialização de 13.357.296 de unidades, contra 12.460.388 em 2013. Foram 8.233.497 de autos, 1.851.760 comerciais leves, 347.105 comerciais pesados, 2.826.149 motos e 98.785 de outros tipos.
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário