Fórmula 1: os valores “milionários” cobrados pela FIA de taxa de inscrição

Fórmula 1: os valores “milionários” cobrados pela FIA de taxa de inscrição

Formula-1-Money
E dizem que a crise abalou a Fórmula 1. Como é que é? Só se for das equipes chamadas “pequenas”, porque as “grandes” desembolsam valores milionários parta poder participar da temporada 2015 do Mundia. Um exemplo é a atual campeã mundial Mercedes vai pagar mais de 4 milhões de euros de taxa de inscrição (R$ 12, 2 milhões).
A notícia foi publicada no site da revista alemã “Auto Motor und Sport” que explica que, além da taxa fixa de participação, o valor exigido por cada ponto somado aumentou, com a equipe campeã a pagar cerca de 5.250 euros (R$ 16 mil) por cada ponto conquistado na temporada 2014. Mas a FIA (Federação Internacional do Automobilismo) confirmou que todas as equipas de Fórmula 1, incluindo Caterham e Manor, pagaram a taxa de inscrição para a próxima temporada.
A situação causa espanto, atendendo que a equipe administrada pela Manor, a Marussia, deixou de existir, visto que todos os seus bens (incluindo as instalações) foram vendidos em leilão.De qualquer forma, as duas escuderias – o futuro da Caterham continua incerto -, pagaram a quantia de, respectivamente 443 mil (R$ 1,34  milhões) e 435 mil euros (R$ 1,25 milhões).
Veja a relação das equipes e os valores cobrados pela FIA:
1. Mercedes: mais de 4 milhões de euros
2. Red Bull: 2,2 milhões
3. Williams: 1,8 milhões
4. Ferrari: 1,35 milhões
5. McLaren: 1,18 milhões
6. Force India: 1,1 milhões
7. Toro Rosso: 565 mil euros
8. Lotus: 478 mil
9. Manor F1 Team: 444 mil
10. Sauber: 435 mil
11. Caterham: 435 mil

Sem Comentários

Insira um Comentário