Mitos e verdades das cervejas especiais: Beer sommelier esclarece dúvidas

Mitos e verdades das cervejas especiais: Beer sommelier esclarece dúvidas

O que bebemos
O consumo das cervejas especiais vem crescendo bastante. Segundo um estudo da Mintel Group, o negócio de cervejas diferenciadas aumentou 36% de 2010 a 2013. Apesar de crescente, esse movimento está apenas no início, e a falta de conhecimento ainda é uma das barreiras enfrentadas nesse setor.
“Quando o brasileiro experimenta e conhece os diferenciais das cervejas artesanais dificilmente volta a preferir as grandes marcas”, afirma Demian Salles, beer sommelier da Mr. Beer, rede de franquias de cervejas especiais.
Delirium_cafe_RJ_Beershop_cervejas_loja_virtual_de_cervejas_especiais
Abaixo, o beer sommelier desvenda alguns mitos e verdades sobre as cervejas especiais.
1) AS CERVEJAS ARTESANAIS NÃO LEVAM CEREAIS NÃO MALTADOS EM SUA PRODUÇÃO. VERDADE – Na fabricação das cervejas artesanais são utilizados somente quatro tipos de cereais: aveia, cevada, centeio e trigo. Cerais não maltados, como arroz e milho não fazem parte da produção. Além disso, as cervejas especiais não têm conservantes e químicas.
2) QUANTO MAIS ESCURA É A CERVEJA, MAIS ALCOÓLICA ELA É. MITO – O responsável pela cor da cerveja é o malte. No processo de malteação os cereais são germinados e o procedimento é interrompido no momento ideal por diferentes maneiras de secagem, como tosta, torrefação e defumagem. De acordo com esse processo as cervejas ganham cores e sabores diferentes. Já o álcool surge no processo de fermentação e é produzido pelas leveduras, que transformam os açucares em álcool.
3) A VALIDADE DA CERVEJA ARTESANAL NORMALMENTE É MAIOR QUE O INDICADO NO RÓTULO. VERDADE. – As obrigações sanitárias no Brasil não permitem uma flexibilização em relação às validades nas cervejas artesanais. Depende muito do tipo de cerveja, da concentração de malte e da graduação alcoólica. Normalmente uma cerveja artesanal dura mais do que sua validade e mesmo assim a deterioração é gradativa e não de um dia para o outro.
4) O TEMPO DE FABRICAÇÃO DA CERVEJA ARTESANAL É O MESMO DAS INDUSTRIALIZADAS. MITO – As micro cervejarias respeitam o período completo de fermentação e maturação, produzindo a cerveja de 21 a 28 dias em média. Já as cervejas industriais recebem intervenções químicas para acelerar o processo, sendo produzidas de 3 a 4 dias.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário