ANEF registra leve aumento no volume total de financiamentos até novembro

ANEF registra leve aumento no volume total de financiamentos até novembro

anef-financiamento-1
O número de financiamentos de veículos apresentou sinais discretos de recuperação nos últimos meses de 2014. O total de recursos liberados no mês fechou em R$ 106 milhões, com leve crescimento de 0,3% em 12 meses. O CDC acumulou R$ 103,1 milhões, subindo 0,5% em 12 meses. Os recursos concedidos para o CDC em novembro, porém, contabilizaram R$ 9,8 milhões, o que representa queda de 6,1% no mês, 14,4% no ano e 0,5% em 12 meses.
Os índices de inadimplência seguem em queda há vários meses. Os atrasos de 15 a 90 dias representaram 7% da carteira, queda de 0,1 p.p. no mês, 0,7 p.p. no ano e 1 p.p. em 12 meses. A inadimplência também caiu em novembro, representando apenas 4% da carteira do CDC, com diminuição de 0,2 p.p. no mês, 1,2 p.p. no ano e 1,3 p.p. em 12 meses.
Na análise do presidente da ANEF (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras), Décio Carbonari, esse foi o fato mais positivo do ano passado. “Esperamos que 2015 registre inadimplência ainda menor, devido à nova lei de retomada de veículos, que tranquiliza as instituições financeiras das montadoras e, consequentemente, favorece o crédito aos consumidores.”
Em contrapartida, em novembro, o saldo do crédito do Sistema Financeiro Nacional, que inclui CDC e Leasing, ficou em R$ 211,9 bilhões, queda de 0,2% no mês, 7,3% no ano e 7,8% nos 12 meses. O saldo total das carteiras de veículos para financiamento CDC somou R$ 203,3 bilhões, baixa de 0,1% no mês, 5,2% no ano e 5,4% em 12 meses.
A taxa de juros dos bancos das montadoras apresentou leve queda, passando a 1,40% a.m. e 18,16% a.a., para o consumidor final, enquanto os bancos de varejo oferecem taxas médias de 1,72% a.m. e 22,7% a.a.. Os planos e prazos médios de financiamento continuam em 42 meses.

Sem Comentários

Insira um Comentário