Dicas para manutenção preventiva do sistema de arrefecimento dos veículos

Dicas para manutenção preventiva do sistema de arrefecimento dos veículos

sist-arref
Ano novo, férias, hora de pegar o carro, por o pé na estrada com a família e curtir o verão, mas um ponto que não pode ser deixado de lado é a manutenção preventiva do veículo e principalmente a revisão no sistema de arrefecimento.
Aqueles carros que ficam parados na estrada, complicando o trânsito, com o capô aberto e um monte de fumaça saindo dele, está com problema no sistema de arrefecimento. Uma das maiores causas de parada de veículos e um dos problemas mais baratos e fáceis de se resolver com uma simples revisão no seu mecânico de confiança antes de viajar.
O sistema de arrefecimento é responsável pela temperatura de funcionamento do motor. É através de alguns componentes que o motor se mantém de forma ideal, rodando sem maiores problemas.
O que deve ser verificado em uma revisão do sistema de arrefecimento:
carros767
1) Líquido de arrefecimento: é o que circula pelo sistema, mantendo através da troca de calor, a temperatura ideal de funcionamento no motor;
2) Radiador: responsável pelo resfriamento do líquido de arrefecimento que circula pelo bloco do motor, mantendo a temperatura correta.
3) Válvula termostática: é o que controla a temperatura do líquido de arrefecimento. Quando o motor atinge a temperatura ideal, a válvula se abre e o líquido vai ao radiador para se resfriar e fecha quando o este se resfria, mantendo o motor funcionando corretamente.
4) Bomba d´água: responsável pela pressão que faz o líquido circular pelo sistema do motor, passando pela válvula termostática e retornando ao radiador;
5) Reservatório de expansão: é onde o líquido de arrefecimento fica armazenado. Deve ser verificado a cada 30 mil km e reabastecido adequadamente sempre que a marca estiver abaixo do nível indicado ou conforme recomendado no manual de proprietário do veículo.
6) Mangueiras: responsáveis pela circulação do liquido. Devem ser verificadas a procura de ranhuras ou rachaduras que ocasionam vazamentos e a consequente perda do correto funcionamento do sistema.
7) Sensor de Temperatura: envia um sinal eletrônico da temperatura do motor ao painel ou ao computador do veículo.
8) Interruptor Térmico: é o que aciona a ventoinha localizada junto ao radiador para resfriar o líquido dentro do radiador quando o veiculo está em congestionamentos.
Para maiores informações sobre o diagnóstico e manutenção de todo o sistema de arrefecimento, vejam o vídeo no nosso canal do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=CEGz22TamlM
Na manutenção preventiva, o que mais deve-se cuidar é do líquido de arrefecimento. Um veículo sem o correto funcionamento do sistema de arrefecimento poderá “ferver” e consequentemente, o motor irá parar.

Sem Comentários

Insira um Comentário