Verão: Steak Tartar, um clássico delicioso, refrescante e fácil de fazer

Verão: Steak Tartar, um clássico delicioso, refrescante e fácil de fazer

Tatar-1
O steak tartar é uma receita com dupla nacionalidade: nasceu na Alemanha, mas foi a França que a tornou conhecida.  A partir daí, ela ganhou a cozinha de casas em São Paulo e virou tradição.  O prato a base de carne crua temperada e gemas é perfeito para os dias mais amenos e pode ser tanto servido como entrada ou principal.
No restaurante Konstanz, comandado pela Chef Anna Meireles, o Beef Tartar (R$38) é preparado aos olhos do cliente.  O funcionário da casa leva todo o aparato com a carne crua e seus condimentos até a mesa, e mistura os ingredientes frescos ali mesmo.  Não dá para resistir.
 

Beef Tartar do Konstanz

Beef Tartar do Konstanz


Um pouco mais afastado da cidade, o La Cucina Piemontese propõe o Steak Dijon que leva filet mignon grelhado servido com molho de mostarda dijon.  Aos que preferirem, o prato pode vir acompanhado de risoto de queijo parmesão com perfume de molho pesto (R$54).
 
Steak Dijon  do La Cucina Piemontese

Steak Dijon do La Cucina Piemontese


Mas, nem só de carne de boi se faz um tartar. Prova disso é que o francês Felix Bistrot que tem na cozinha o comando do Chef Luiz Emanuel, propõe o delicioso Tartar de Robalo com Pimenta Rosa e Limão Siciliano (R$33).
www.tbfoto.com.br FELIX BISTRO - SP/SP - 25/10/2013 Foto: Tadeu Brunelli ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, na sua íntegra sem cortes ou modificações, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

Tartar de Robalo com Pimenta Rosa e Limão Siciliano do Felix Bistrot


Uma lenda popular diz que o nome surgiu baseado nos nômades tártaros da Ásia Central que comiam a carne (de cavalo) crua. A carne era mantida sob a sela do cavalo para ser amaciada durante a montaria. Outra lenda diz que o nome é devido ao molho tártaro, que acompanhava a carne crua picadinha (já de boi) servida nos restaurantes franceses no início do século XX.
Mandamentos do Steak Tartar
– Use carne crua rigorosamente limpa;
– Afie a faca. Corte a carne em filés finos, transforme os filés em tiras e então em cubos de 1mm de largura: não moa a carne;
– Depois de picar, reserve a carne em uma tigela por cima de outra com gelo; o ideal é picá-la logo antes de servir;
– Coloque os temperos por cima da carne e misture ao mesmo tempo. Use ao menos uma gordura (como maionese);
– Não exagere no tempero, o sabor da carne deve prevalecer.
 
Serviço:
 
Konstanz
Avenida Aratãs, 713 – Moema, São Paulo – SP, 04081-002, (11) 5543-4813
La Cucina Piemontese
Avenida Valville, 550 – Santana do Parnaiba/SP, CEP 065532-010,  (11) 41544617
Felix Bistrot
Rua José Félix de Oliveira, 555 – Granja Viana/Cotia – SP, 06708-415, (11) 4612-2339
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário