Dupla vitória da Kia no Red Dot Design Awards 2015

Dupla vitória da Kia no Red Dot Design Awards 2015

4952b9d3-2e86-40fb-a2fa-a87dc3e52d06
A equipe de design da Kia Motors vibra mais uma vez com importantes conquistas no Red Dot Awards, concurso internacionais de design altamente respeitado que celebra seu 60o. aniversário em 2015, para o Kia Soul EV e novo SUV Kia Sorento. Nesta edição, o júri, formado por especialistas em design, premiou como “Vencedor” e “Menção Honrosa” o Kia Soul EV e o Kia Sorento, respectivamente, em reconhecimento aos seus excepcionais detalhes do projeto.
Desde que recebeu o seu primeiro prêmio neste concurso de design internacionalmente reconhecido, em 2009, os produtos da Kia se tornaram bem sucedidos a cada ano. No total, 13 modelos da marca já ganharam um Red Dot Award, além de muitos outros prêmios de design.
Estes não são os primeiros prêmios para o recém-lançado Kia Soul e Sorento. Ambos já foram contemplados com cobiçado IF Design Awards em 2014 e em 2015, respectivamente. O Kia Soul, irmão da versão elétrica EV também recebeu um Red Dot Award em 2014.
“Nossas equipes de design internacionais têm todos os motivos para se orgulhar das honras recebidas no Prêmio Red Dot 2015”, diz Peter Schreyer, presidente e chefe de design da Kia Motors Corporation e Hyundai Motor Company.
Ainda de acordo com o presidente, “a terceira geração do Kia Sorento teve seu desenho sutilmente alterado, dando um grande salto quando o assunto é qualidade. O novo modelo combina um espírito SUV clássico com um olhar premium,  particularmente visível no interior”.
“A cabine do Kia Soul EV também oferece material de excepcional qualidade e design. Ao projetar este carro, o objetivo foi compreender os desafios específicos de um carro elétrico como uma nova oportunidade. E nossa equipe de design alcançou este feito brilhantemente”, diz Schreyer.
O Red Dot Award é o maior concurso internacional de design de produtos do mundo. Este ano, 1.994 empresas de 56 países entraram com 4.925 novos produtos para conquistar um dos pontos vermelhos altamente cobiçados.
A competição, realizada desde 1955, pelo Centro de Design da Renânia do Norte-Vestfália, atribui grande importância à imparcialidade do seu júri altamente respeitado. Para evitar qualquer distorção, nenhum dos membros do júri pode ser um empregado da indústria de transformação.
No 60º ano do concurso, o júri internacional de designers freelancers, professores e jornalistas especializados de 25 países inclui designers de Werner Aisslinger (Alemanha), Hans Ehrich (Suécia), Jimmy Choo (Malásia), Hideshi Hamaguchi (Japão ), Martin Darbyshire (Reino Unido) e Ken Okuyama (Japão). Os produtos são julgados de acordo com critérios como funcionalidade, grau de inovação, ergonomia, qualidade formal e compatibilidade ecológica.
A apresentação oficial do Red Dot Awards será no dia 29 de junho, em Essen, na Alemanha, no Teatro Aalto, uma casa de ópera projetada por Alvar Aalto.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário