Lucro líquido da Harley-Davidson aumenta no 1º trimestre de 2015

Lucro líquido da Harley-Davidson aumenta no 1º trimestre de 2015

16
Nos mercados fora dos Estados Unidos, concessionárias entregaram 21.173 novas motocicletas durante o primeiro trimestre de 2015, volume 2,4% a menos do que as 21.685 unidades negociadas em igual período de 2014. A América Latina foi na contramão do resto do mundo e teve um aumento de 0,3% no trimestre.
“Devido aos resultados do primeiro trimestre, com grandes descontos praticados por nossos competidores nos Estados Unidos, que esperamos que devem continuar, estamos tomando a precaução de diminuir nossa expectativa de crescimento para o ano para adequar nossos estoques com a demanda e proteger a natureza premium de nossa marca”, completa Wandell.
A empresa espera agora um aumento nas vendas entre 2% e 4% em 2015, comparado à expectativa anterior de crescimento entre 4% e 6%.
O lucro operacional de motocicletas e produtos segmentados atingiu US$ 345,5 milhões no primeiro trimestre de 2015, ante os US$ 347,7 milhões no ano anterior. O lucro operacional no período foi impactado pelo câmbio desfavorável, parcialmente compensado por fortes ganhos de produtividade.
pile-of-money
A receita com venda de motocicletas chegou a US$ 1,26 bilhão, contra os US$ 1,31 bilhão no mesmo período de 2014. A empresa entregou 79.589 motocicletas para revendedores e distribuidores do mundo todo durante o primeiro trimestre, enquanto entre janeiro e março de 2014 foram 80.682.
A receita da venda de peças e acessórios para motos somou US$ 183,9 milhões no primeiro trimestre, ante os US$ 198,1 milhões no primeiro trimestre de 2014. A receita de mercadorias em geral, incluindo MotorClothes®, vestuários e acessórios, chegou a US$ 66,4 milhões, contra os US$ 64,1 milhões em igual período de 2014.
No primeiro trimestre de 2015, a margem bruta para o segmento de motocicletas foi de 39,1%, enquanto no mesmo tempo de 2014 foi de 37,7%. A margem operacional relacionada a motocicletas registrou 22,9%, contra 22,1% do primeiro trimestre de 2014.
A Harley-Davidson está revisando seu planejamento anual de vendas para adequar a oferta de produtos de acordo com a demanda. Portanto, agora a companhia espera vender entre 276 mil e 281 mil motocicletas a concessionárias e distribuidores de todo o mundo em 2015, um aumento aproximado de 2% a 4% em relação a 2014. A empresa havia feito uma previsão anterior de entregar entre 282 mil e 287 mil motocicletas.
No segundo trimestre, a Harley-Davidson espera embarcar entre 83 mil e 88 mil unidades, em comparação às 92.217 motocicletas enviadas no mesmo período de 2014. A empresa continua com o plano de fechar 2015 com uma margem operacional entre 18% e 19% no segmento de motocicletas e despesas de capital para a Harley-Davidson, Inc. entre US$ 240 milhões e US$ 260 milhões

Sem Comentários

Insira um Comentário