GP Espanha: E Rosberg reagiu!

GP Espanha: E Rosberg reagiu!

265075
Depois de iniciar a temporada de maneira sonolenta, Nico Rosberg parece que acordou. No GP da Espanha dominou os treinos e venceu a corrida sem esforço.
Passadas três semanas depois da corrida do Bahrein, a F-1 voltou a competir em Barcelona, na Espanha. Havia a expectativa de que as outras equipes tirassem um pouco da diferença que as separam da Mercedes, pois neste espaço de tempo trariam novas soluções para os carros. As soluções vieram, mas não serviram, pois a Flecha Prateada continuou com o domínio apresentado desde a temporada passada.
265076
Mas desta vez a corrida teve outro protagonista, o alemão Nico Rosberg, ele dominou os treinos livres e cravou a pole na classificação, seguido de perto pelo companheiro, atual líder da competição e campeão do mundo, o inglês Lewis Hamilton. Na terceira posição saiu o alemão da Ferrari, Sebastian Vettel e o finlandês Valtteri Bottas da Williams foi o quarto, mostrando que, pelo menos nesta pista, a equipe está em pé de igualdade com a Ferrari.
265068
Os Felipes brasileiros, Massa da Williams e Nasr da Sauber, marcaram o 9° e 15º tempo respectivamente. O primeiro porque cometeu um erro na única volta rápida que fez no Q3 e o outro por deficiência do carro.
265106
Dada a largada, Hamilton confirmou que este não foi seu fim de semana, perdeu a posição para Vettel, a qual ele só conseguiu recuperar depois da segunda parada nos boxes.
265105
Isso fez Rosberg conduzir seu carro como num passeio de domingo.
Vettel não segurou a posição que ganhou na largada, foi até onde sua Ferrari permitia.
265053
Felipe Massa pulou da 9ª para a 6ª posição e não andou mais que isso. Bottas saiu-se melhor, manteve a quarta colocação, mesmo com as investidas do compatriota Kimi Raikkonen da Ferrari.
E Nasr chegou na 12ª posição, era o máximo que o carro permitia. As McLarens, que trabalham para acertar o sistema propulsor fornecido pela Honda evoluíram e passaram o time de Peter Sauber. Ainda falta confiabilidade para os carros de Ron Dennis, mesmo assim, os pontos devem chegar daqui a duas ou três corridas.
Marcaram pontos no GP da Espanha
265077

  1. Nico Rosberg
  2. Lewis Hamilton
  3. Sebastian Vettel
  4. Valtteri Bottas
  5. Kimi Raikkonen
  6. Felipe Massa
  7. Daniel Ricciardo
  8. Romain Grosjean
  9. Carlos Sainz Jr
  10. Daniil Kvyat

No campeonato a liderança é de Hamilton que soma 111 pontos, Rosberg é o segundo com 91 e Vettel é o terceiro com 80 pontos. Bottas está em quinto tem 42 e Felipe Massa caiu para sexto com 39 pontos. Nasr permanece com 14 pontos na nona posição.
A próxima etapa acontece dia 24, o charmoso GP de Mônaco, disputado nas ruas do principado. Lá evoluções aerodinâmicas não terão importância, pois o que vale é o braço e a pericia do piloto. Quem conquistar a pole está com 90% da corrida ganha.
Vamos acompanhar para saber se Rosberg realmente se deu conta de que tem o melhor carro da temporada nas mãos e pode lutar pelo titulo, apesar da pericia de Lewis Hamilton.
Rapidinhas
Agora é só curtir
265080
Nico Rosberg entrou em êxtase ao conquistar a primeira vitória da temporada. Com declarações curtas, não falou sobre o que projeta para as próximas etapas e nem afirmou que Hamilton encontrou uma ameaça ao titulo. “Só estou curtindo o dia, vencer aqui é ótimo. Agora é só curtir com a equipe”, disse o vencedor aos jornalistas.
Faltou ritmo
Depois de pontuar em duas corridas com a Sauber, o brasileiro Felipe Nasr não consegue passar do pelotão intermediário. Para ele o carro precisa evoluir. “Faltou um pouco de ritmo. Acho que fiz minha parte com o que tinha no carro. As paradas foram importantíssimas para ganhar posições na pista. Precisamos melhorar o ritmo, principalmente com os pneus duros. Acho que hoje não tinha como fazer mais nada”, afirmou Nasr, ao termino da prova.
Sai Red Bull, entra a Audi
Cresce os boatos de que a RBR, descontente com a fornecedora de motores, a Renault, estuda deixar a categoria. Sua vaga seria vendida para o Grupo VW que entraria com a marca Audi. Esta informação foi passada por Luca di Montezemolo, ex-presidente da Ferrari. Segundo ele, um amigo contou que Dietrich Mateschitz, o dono da Red Bull, tenta convencer a Audi a comprar sua equipe.

Sem Comentários

Insira um Comentário