Suberbike Brasil: motoboy de São Paulo ganha as pistas do país

Suberbike Brasil: motoboy de São Paulo ganha as pistas do país

motoboy1
Diversidade é a palavra chave do SuperBike Brasil, onde pilotos com as mais distintas características se reúnem nas pistas para o maior espetáculo nacional da motovelocidade.  Em busca do título de campeão da Copa Kawasaki Ninja 300 nesta temporada, Carlos Roberto Barbosa da Rocha, o “Pássaro #77” como é facilmente reconhecido nas ruas e em seus perfis nas redes sociais é um desses pilotos com diversas histórias para contar.
Prestes a completar 38 anos, Pássaro conta que tudo começou na época em que era entregador na capital paulista. “Eu corria muito na rua até que um dia fui assistir uma corrida de verdade, na pista e me apaixonei. Trabalhei e juntei dinheiro para comprar minha primeira moto de competição, isso em 2000. De lá para cá, tenho treinado para um dia ser campeão, com a ajuda de minha família que, mesmo me achando louco, devido as coisas que temos de abrir mão para viver a velocidade, me apoiam incondicionalmente.”, conta Roberto.
O piloto da Kawasaki Ninja 300 de número #77, diz que respira corrida e acompanha todas as competições de motovelocidade, além de outras sobre quatro rodas, como a Fórmula Indy, a F1 e até mesmo provas de arrancada, um sonho secundário de quem gosta de se manter em pleno voo, explica Pássaro. Além disso, ele diz que continua utilizando a motocicleta como meio de transporte diário e também para viagens fora do ambiente esportivo.
SuperBike Brasil - Etapa 1 2015 - Goiânia - Kawasaki Ninja 300
Vice campeão do Paulista de SuperBike 2014 e terceiro lugar no Brasileiro do SuperBike do mesmo ano, Carlos Rocha conta que os patrocinadores são de suma importância para ele seguir competindo. “Sem o apoio e a confiança do Haras#77, Masters Gym e Osteum, eu não teria condições de bancar uma temporada inteira, trabalhar, treinar e me dedicar a melhora de minha performance na pista. Acrescente ainda o apoio excepcional da equipe Duda Racing Team, que é como uma segunda família.”, explica o piloto.
Inspirado pela superação do ex-jogador Ronaldo “Fenômeno” e o carisma do piloto italiano Valentino Rossi, pessoas que considera seus ídolos, Carlos “Pássaro” Rocha é o exemplo de que a motovelocidade pode ser democrática e que a pista é o lugar onde tudo se resolve, de preferência sendo o primeiro a cruzar a linha de chegada sob a bandeira quadriculada.  Para saber mais sobre sua trajetória e a atual posição no campeonato acompanhe as notícias do piloto no Facebook: Carlos Rocha Pássaro  e no Instagram: @CarlosPassaro77.
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário