GP Canadá: Mercedes lidera, Hamilton vence e tudo volta ao normal

GP Canadá: Mercedes lidera, Hamilton vence e tudo volta ao normal

267418
O piloto inglês, atual campeão do mundo não dá chance para Rosberg, fez a pole, liderou de ponta a ponta e reestabeleceu a relação de forças da categoria
Na bonita Montreal, equipes e pilotos reuniram-se para a disputa da 7ª etapa do mundial de F-1. E mais uma vez a Mercedes- GP dominou, sem dar brechas para os ouros adversários.
Alguns imprevistos aconteceram nos treinos, como a batida de Lewis Hamilton, que pouco influenciou na classificação, pois ele fez a pole e deixou seu companheiro Nico Rosberg com a segunda colocação.
267403
A surpresa ficou por conta de Felipe Massa (Williams) largando em 15º, pois teve problemas de potência no motor e Sebastian Vettel (Ferrari), que até já ganhou corrida este ano, largar em 18º.
Bem este fato ajudou a ter emoção, porque ao apagar das luzes vermelhas, Hamilton com muita consistência saiu na frente e só perdeu esta posição por meia volta, enquanto estava no box para trocar os pneus. Quando, Rosberg entrou, devolveu a primeira posição para o inglês.
267408
Já Massa dirigiu de maneira agressiva, fazia tempo que não via o brasileiro pilotar assim. Porém, não sei o que acontece com ele, pois nas primeiras voltas ficou preso, atrás de um inexperiente Marcus Ericsson (Sauber) e sofreu para passá-lo. Utilizou ao máximo os pneus macios, e conseguiu terminar na 6ª posição, após ultrapassar nas últimas voltas o venezuelano Pastor Maldonado (Lotus).
Vettel fez o mesmo, mas a estratégia da Ferrari foi melhor, assim o alemão encerrou sua participação no Canadá no quinto posto.
267442
Durante a prova Rosberg chegou a se aproximar de Hamiton, mas o inglês respondia andando rápido. Interessante também a preocupação com o consumo de combustível, Nico chegou a perguntar para seu engenheiro como estava o consumo do líder e ele respondeu que não poderia passar esta informação.
Felipe Nasr (Sauber), o outro brasileiro na prova, não havia corrido ainda no Canadá, teve que contentar-se com o aprendizado. Problemas no sistema de freios e potência do motor fizeram com que ele batesse no treino livre e durante a corrida o máximo que conseguiu foi a penúltima posição, o 16º lugar.
Enquanto Massa fez uma corrida de recuperação, Valtteri Bottas (Williams), manteve a regularidade, saiu em terceiro e terminou em terceiro. O suficiente para ampliar a vantagem sobre o brasileiro na classificação do campeonato.
Marcaram pontos no GP do Canadá
267426
 

  1. Lewis Hamilton
  2. Nico Rosberg
  3. Valtteri Bottas
  4. Kimi Raikkonen
  5. Sebastian Vettel
  6. Felipe Massa
  7. Pastor Maldonado
  8. Nico Hulkenberg
  9. Daniil Kvyat
  10. Romain Grosjean

No campeonato Hamilton soma151 pontos, Rosberg está em segundo com 134, na terceira colocação aparece Vettel com 108 pontos e o quarto é Raikkonen com 72 pontos. Massa é o sexto tem 47 pontos, enquanto Bottas soma 57 e aparece na quinta posição.
A próxima etapa será dia 21de junho na Áustria, o circuito é da RBR, mas o favoritismo é todo da Mercedes. Atenção rivais, evoluam rapidamente, para dificultar só um pouquinho o caminho da Flecha Prateada!
Rapidinhas
Humildade de vencedor
267407
Depois de vencer de ponta a ponta o GP do Canadá, sem sofrer pressão do companheiro Nico Rosberg, Lewis Hamilton disse que a corrida foi intensa. “Não senti que tive o melhor equilíbrio no carro, ele estava com a traseira um pouco solta, mas não me senti muito sob pressão. Claro que Nico estava rápido, mas senti que podia controlar o ritmo o tempo todo. Não sei como foi para quem estava assistindo, mas foi uma corrida bastante intensa dentro do carro”, declarou na coletiva de imprensa.
Ano difícil para Alonso
267432
O espanhol Fernando Alonso da McLaren recebeu um aviso para economizar combustível o qual ele retrucou, depois de abandonar a corrida, ele explicou a bronca. “Eu estava no meio de algumas batalhas e tinha de economizar combustível, pneus, e depois de três ou quatro avisos eu falei, primeiro me deixem correr porque é uma motivação para mim ter carros ao meu redor e podemos economizar combustível quando não tiver ninguém por perto”. O espanhol precisa justificar os US$ 35 milhões que recebe de salário.
Corrida divertida
267443
Depois de ultrapassar 6 carros e terminar na 6ª posição, o brasileiro Felipe Massa gostou de sua participação no GP do Canadá. “Curti bastante, foi uma corrida boa, em que conseguimos nos recuperar bem. Fizemos a estratégia certa e conseguimos ter um ritmo forte. Ultrapassamos os carros na hora certa e me diverti bastante e fico feliz com o resultado. Só é uma pena o que aconteceu na classificação, porque era uma corrida para estarmos lutando pelo pódio e não chegar em sexto. Mas estou muito feliz e acho que fizemos um excelente trabalho”, declarou à rede Bandeirantes de rádio.
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário