Magneti Marelli marca presença no maior Salão do Automóvel do Mundo

Magneti Marelli marca presença no maior Salão do Automóvel do Mundo

109925_5933_big_MagnetiMarelli1
A Magneti Marelli, uma das principais empresas de autopeças do mundo, na vanguarda do segmento de sistemas eletrônicos automotivos, equipa o novo modelo da Alfa Romeo com a unidade de controle eletrônico CDC (Chassi Domain Control), o “cérebro” da eletrônica de bordo responsável por otimizar a dirigibilidade e o desempenho do veículo.
A unidade CDC funciona como um “supervisor” eletrônico que configura dinamicamente, em tempo real, o “acerto” do carro, com base nos dados gerados pelos sensores inerciais que medem as acelerações verticais, laterais, longitudinais e de rotação. O sistema previne e gerencia situações críticas, informando antecipadamente, por meio da rede do veículo, as unidades de controle específicas envolvidas no sistema eletrônico.
marelli
Assim, a CDC permite o aumento do conforto na condução e da segurança através da adoção de protocolos de controle e gestão que coordenam as ações do DNA Alfa, do Torque Vectoring (sistema que permite ao diferencial traseiro controlar separadamente o torque para cada roda), do Aero Splitter (sistema eletromecânico que gerencia dinamicamente a downforce, que é a força aerodinâmica que proporciona maior aderência ao solo) e do Active Damping Control (suspensão eletrônica adaptativa), além dos controles de estabilidade, chassi, sistema de freios, sistema de direção e de assistência à condução.
Também através da Divisão eletrônica, a Magneti Marelli desenvolveu para a Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio o sistema de infoentretenimento multimídia e de navegação Connect 3D Nav com tela total black TFT (Thin Film Transistor) de 8,8 polegadas. O sistema utiliza tecnologia de código aberto Genivi e atende aos critérios automotivos de desempenho e robustez. Baseado em linguagem Linux, é integrado à rede de controle eletrônico do carro e oferece um sofisticado conjunto de características e funcionalidades, incluindo media player, sistema de navegação e gestão dos parâmetros do veículo. Coração do sistema, uma interface homem-máquina (HMI) de última geração desenvolvida com a linguagem de programação HTML5 em que a gestão do sistema ocorre principalmente pelo acionamento do Rotary Pad e através da tela TFT no painel do carro.
marelli1
A navegação é caracterizada por mapas de alta resolução com elementos 3D e pela alta velocidade do cálculo de rotas, além da tecnologia Dead Reckoning, que permite o acompanhamento da rota mesmo em áreas não cobertas pelo sinal de GPS. A tela TFT também exibe as configurações e diagnósticos do veículo, além do controle do assistente de estacionamento. Destaque para o tipo de configuração associada ao DNA Alfa e à interação com a rede CAN para o intercâmbio de dados.
A tela está totalmente integrada ao design do painel graças à construção óptica inovadora do revestimento de plástico preto transparente acoplado ao monitor TFT por meio do processo optical bonding. Essa tecnologia consiste na união de duas superfícies que, juntas, permitem uma filtragem mais eficaz da luz. Na prática, a partir da perspectiva do usuário, a imagem da tela aparece na superfície do painel de instrumentos com um excelente nível de visualização e contraste. A tecnologia traz também vantagens estéticas ao proporcionar perfeita harmonização com o painel do carro através de uma máscara curva com acabamento total black.
A Divisão Iluminação da Magneti Marelli também colaborou com a Alfa Romeo para produzir os faróis dos Giulia, elementos de design e de forte identificação do carro. Os faróis associam as tecnologias Xenon e AFS (Adaptive Frontlight System), além do módulo de iluminação 35W, uma solução que aumenta a capacidade de iluminação em 200% em comparação aos convencionais,  garantindo assim maior segurança ao dirigir. A tecnologia LED é adotada para luzes diurnas, de posição e indicadores de direção. As lanternas traseiras de LED, síntese de excelência estilística e tecnológica, identificam a parte traseira do carro de maneira única e distinta, favorecendo ainda mais as linhas dinâmicas do modelo.
Há também muitas outras tecnologias provenientes da Divisão Powertrain da sistemista. O motor seis cilindros, a gasolina, com capacidade cúbica de 3 litros e duplo turbo-compressor desenvolve 510 CV e conta com corpo de borboleta motorizado e coletor de admissão fabricados pela Magneti Marelli, que também fornece componentes das suspensões dianteira e traseira, sistema de escape, pedais e peças plásticas.

Sem Comentários

Insira um Comentário