Fórmula 1: afinal, qual será o motor que a Red Bull vai usar em 2016?

Fórmula 1: afinal, qual será o motor que a Red Bull vai usar em 2016?

redbullf1_logo
Mais um não a equipe austríaca Red Bull. Dessa vez foi do chefão da Mercedes-Benz Niki Lauda que garantiu que  a Mercedes não vai fornecer motores à Red Bull em 2016. “Não há conversações com a Red Bull. Eles estão negociando com a Ferrari e não sei nada do que pode sair dali”, garantiu o ex-piloto de Fórmula 1, atual presidente não executivo da Mercedes.
Niki-Lauda (1)
As declarações de Lauda surgem 24 horas depois do chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner garantir que estavam em conversações com a Mercedes e Ferrari. “Nós já chegamos a um acordo com a Manor, e vamos fornecer motores a quatro equipes. Para nós está tudo fechado”, acrescentou Lauda. Além da própria Mercedes, a Manor, Force India e Williams vão utilizar motores do fabricante alemão em 2016.
Modelo híbrido testado em Spa. Será verdade mesmo?
A Red Bull cancelou o contrato com a Renault e agora não tem motores para a próxima temporada. Se não chegar a acordo com um fornecedor de motores, a Red Bull e a Toro Rosso admitem abandonar a Fórmula 1. “Seria uma grande perda”, comentou Lauda.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário