GP Rússia: Sorte de campeão, inclusive para Massa

GP Rússia: Sorte de campeão, inclusive para Massa

275592
No movimentado GP russo, Lewis Hamilton venceu, Nico Rosberg abandonou e Felipe Massa conquistou 11 posições
No circuito de Sóchi, a Mercedes dominou os treinos classificatórios. Rosberg aproveitou um erro de Hamilton e marcou a pole. Já Felipe Massa (Williams), não conseguiu passar do Q2 e largou na 15ª colocação, enquanto que Felipe Nasr (Sauber) foi 12º.
275560
Dada a largada, 6 voltas depois, Rosberg abandonou com problemas no acelerador. Ai ficou muito fácil para o inglês vencer, sem nenhuma resistência dos adversários, no caso Sebastian Vettel (Ferrari) e Sergio Perez (Force India), segundo e terceiro colocados respectivamente.
Opâ! Perez em terceiro! Pois é, o mexicano usou estratégia para andar entre os cinco primeiros, foi ultrapassado na penúltima volta por Valtteri Bottas (Williams) e Kimi Raikkonen (Ferrari).
Raikkonen foi pra cima do compatriota Bottas, abusou, tentou passar onde não tinha espaço. Os dois bateram e o piloto da Williams não conseguiu retornar. O da Ferrari continuou. Fez a última volta com o assoalho arrastando no chão, soltando faísca e cruzou a linha de chegada. Mas foi punido em 30 segundos e caiu para a 8ª posição, por causar o acidente.
275566
Pior para Bottas que fez uma corrida exemplar, mas ficou sem os pontos.
O Safety Car entrou na pista duas vezes. Na primeira, Nico Hulkenberg (Force India) rodou sozinho e acertou Ericsson (Sauber), Grosjean (Lotus) e Verstappen (STR). A segunda entrada aconteceu porque Grosjean também rodou sozinho e foi protagonista de um incrível acidente. Felizmente nada ocorreu com o piloto.
Felipe Massa, que veio de trás, aproveitou os abandonos para terminar na quarta colocação. O mesmo aconteceu com Nasr, que chegou na sexta posição.
275429
Apesar da corrida repleta de alternativas, do terceiro lugar para trás, bem entendido, o grande assunto do fim de semana foi a saída da RBR da F-1 por falta de um motor competitivo.
A equipe tenta os propulsores da Mercedes e Ferrari, porém, ambas não querem fornecer. Elas acreditam que darão arma para o inimigo. Realmente, já imaginou a RBR campeã do mundo com motor Mercedes ou Ferrari?
Porém, esta ameaça vale mais para pressionar a Renault. São muitos milhões de dólares envolvidos, não vamos esquecer que a empresa da bebida energética tem duas equipes competindo, a RBR e a STR. Eles simplesmente irão fechar a fábrica e falar que acabou a brincadeira? Não é assim.
Este sistema de propulsão que integra motor a combustão e elétrico é complexo. Os técnicos da empresa francesa trabalham incansavelmente para atingir a melhor performance. O ideal seria juntarem forças e trabalharem juntos em busca de soluções.
Marcaram pontos no GP da Rússia
275601

  1. Lewis Hamilton
  2. Sebastian Vettel
  3. Sergio Perez
  4. Felipe Massa
  5. Daniil Kvyat
  6. Felipe Nasr
  7. Pastor Maldonado
  8. Kimi Raikkonen
  9. Jenson Button
  10. Max Verstappen

O abandono de Rosberg mudou também a situação do campeonato.
Hamilton chegou a 302 pontos, Vettel é o vice-líder soma 236 e Rosberg caiu para a terceira posição com 229 pontos. O titulo de construtores foi definido, a Mercedes tem 531 pontos, a Ferrari aparece em segundo com 359 e a Williams soma 220 pontos.
A próxima etapa será no Circuito das Américas, nos Estados Unidos, dia 25/10.
Hamilton vencendo, dependendo das posições do segundo e terceiro colocados, já leva o titulo.
 
Rapidinhas
Sem jogar a toalha
275570
Apesar do abandono, Nico Rosberg ainda está confiante e acredita que pode ressurgir das cinzas e conquistar o titulo de 2015. “Nada está acabado até que a matemática diga o contrário. Enquanto eu tiver chance, vou continuar forçando e sempre voltarei”, afirmou o alemão que corre o risco de perder até o vice-campeonato.
 
Vettel na briga pelo título, mas em 2016
275565
O alemão Sebastian Vettel ficou empolgado com a vice-liderança da competição. Perguntado se no ano que vem vai desafiar a Mercedes, ele não teve dúvidas. “Essa é nossa meta, queremos ser um pouco melhores na corrida e nos certificar de que desafiaremos a Mercedes. Estamos nos aproximando, então acho que estamos indo em uma boa direção”.
Faltou o pódio
Felipe Massa fez uma boa prova de recuperação. Aproveitou os abandonos e chegou em quarto lugar, após partir da 15ª posição. O brasileiro ainda ficou frustrado por não conseguir um pódio. “Se estivéssemos largando mais à frente o pódio estaria no bolso. Meu ritmo de pneus supermacios foi incrível. Estou muito feliz com a corrida e com o ritmo. Infelizmente tivemos uma classificação ruim ontem”, falou na entrevista coletiva.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário