Fórmula 1: motor Ferrari ”genérico” pode ser a salvação da Red Bull

Fórmula 1: motor Ferrari ”genérico” pode ser a salvação da Red Bull

redbullf1_logo
E a novela continua… Afinal, qual motor a Red Bull vai usar na temporada 2016? E a Ferrari voltou a demonstrar disponível para fornecer motores equipe austríaca em 2016. Porém, deixou claro que não pretende fornecer equipamento idêntico à formação oficia Scuderial. O presidente da empresa italiana, Sergio Marchionne, fala em “projeto diferente”.
Esta não é a primeira vez que a Ferrari faz uma oferta para equipar a Red Bull. Inicialmente, os italianos pretendiam ceder motores com um ano de atraso. Agora, a ideia seria vender um motor “genérico”, que a Red Bull desenvolveria de forma autônoma.
“Uma parceria com a Red Bull continua a ser uma opção, mas não no contexto de tê-los com um motor igual ao que será usado pela Ferrari no próximo ano”, explica o presidente da Ferrari.“Estamos dispostos a fornecer-lhes os nossos serviços, mas não poderá ser com o mesmo motor que a Ferrari usará durante os GPs”, esclarece.
sergio-marchionne-named-chrysler-board-chairman-38594_1
Marchionne diz ainda que “Il Cappo” da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, estará de acordo com a proposta. “Bernie foi avisado e estamos prontos para implementar isso, não apenas para a Red Bull, mas também para outras equipes.” Esta é a alternativa encontrada pela Ferrari para contornar as pretensões de Bernie Ecclestone de ter um motor-cliente de um construtor independente que esteja disponível a partir de 2017.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário