Easy Rider Sulamerica: Dia 12 – Corre que está derretendo

Easy Rider Sulamerica: Dia 12 – Corre que está derretendo

DSC01129 (Copy)
Quando ouvimos sobre aquecimento global, mudanças climáticas e catástrofes naturais sem motivo algum, não imaginamos o quanto o homem é responsável por isso, hoje eu descobri do pior modo
Tudo bem? Aqui estamos nós, uns seiscentos ou setecentos quilômetros mais para o sul. E antes de iniciar o dia, quero registrar umas coisinhas que esqueci de falar e que considero importante para muitos de vocês. Se você está acompanhando nossa viagem, sabe que agregamos um novo membro, o Antoanie, nosso amigo tem nada menos que setenta anos e tem uma tocada firme e regular, independente do clima e do terreno. Até o dia de hoje nós andamos algo perto de duzentos km no rípio e não tomamos nenhum chão, e olha que eu abusei bastante, vamos ver quando chegar perto de Ushuaia.
IMG_7366
Antes de continuar a falar do dia, quero apenas fazer uns comentários da Ruta 40, mais por curiosidade do que outra coisa. Na Ruta quarenta é possível ver muitas lebres atropeladas, haviam me falado para tomar cuidado com elas, eu mesmo não vi nenhuma atravessando a estrada. Em um certo ponto da Ruta eu percebi que o asfalto estava manchado, na verdade parecia algum tipo de meleca, foi ai que percebi que umas coisas pulavam do asfalto, é logico que paramos para ver, no asfalto haviam grilos ou gafanhotos e muitos foram esmagados pelas rodas dos carros, por isso as manchas na pista.
IMG_7367
No dia 10 e 11 comentei que tomamos uma surra do vento e hoje não foi diferente, na verdade foi o vento que acabou com a gente, até parece que ele estava chutando cachorro morto, pois não conseguíamos nem reagir aos mandos e desmando dele. Porém hoje a coisa foi pior ainda, ao sair de El Calafate em direção ao Glacias o vento já não era o mesmo, estava muito mais forte e gelado, deu trabalho para vencer os setenta quilômetros para ver uma das paisagens mais lindas e estonteantes que já vi na minha vida. É incrível como há coisas tão indescritíveis na vida! Os Glaciais são umas das últimas  belezas que o planeta terra tem desde seu nascimento, vale a pena vir ver!
DSC01132 (Copy)
Após limpar a baba, eu conversei com alguns locais, e eles me falaram que a imensa massa de gelo era muito maior e que avançava pelo lago, se eu fiquei abestado agora com o tamanho e a cor azulada que o gelo reflete, imagina há dez ou quinze anos atrás? Então eu falo para você, corre que está derretendo! E o som da geleira partindo e caindo na água, só estando lá para sentir.
DSC01227 (Copy)
Nosso destino agora era Puerto Natales no Chile , mas só  depois de andar nem sei quantos quilômetros de rípio, paramos no  Paso Casas Viejas, para fazer a saída da Argentina, um prédio caindo no meio do nada com um agente com uma cara de poucos amigos e sem a menor vontade de ser amistoso, para nossa sorte não invocou com nada, com toda papelada ok partimos para a aduana chilena, ao chegarmos teve até festa, um dos agentes já tinha morado em São Paulo e é Corinthiano, o outro agente, o Aldo é motociclista e ainda apareceu o Rodrigo com a esposa Pamela que nos levaram da aduana até o Hostal. Durante nosso jantar o Rodrigo deu uma dica boa para gente cortar caminho e ganhar tempo na travessia da balsa – em Punta Delgada –  para chegar a Rio Grande na Arentina a última parada antes de acabar o mundo, opa! Última parada antes de chegar ao Fin del Mundo.
DSC01131 (Copy)
Caramba esse Fim del Mundo é longe para dedéu! Falo vocês em breve!
 

Texto: Arnaldo Bianco Filho

Fotos: Arnaldo Bianco Filho e Wilson Felix da Silva

 
 
 
 
 
 

Sem Comentários

Insira um Comentário