Avaliação: Nova Honda CG 160 Fan – CG com DNA aprovado!

Avaliação: Nova Honda CG 160 Fan – CG com DNA aprovado!

11081509314828

Avaliamos a Honda CG Fan 160 Flex, agora equipada com o mesmo motor da NXR 160 Bros. Com este motor de maior cilindrada, o preço ficou um pouco mais alto, mas agora só oferece duas opções, sendo a CG 160 Fan por R$ 7.990 (versão avaliada) nas cores vermelha, cinza e preta e a CG 160 Titan por R$ 9.290 nas cores vermelha, branca e preta, ambas com garantia de três anos, sem limite de quilometragem, com óleo gratuito em sete revisões.

img-08

O novo motor do tipo monocilíndrico com sistema OHC (Over Head Camshaft), quatro tempos, arrefecido a ar, com injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). Seu desenvolvimento já está em total conformidade com a segunda fase do PROMOT4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), que intensifica as regras para a diminuição dos gases tóxicos emitidos por veículos automotores a partir de 2016. Possui tecnologia FlexOne, possibilitando o abastecimento com etanol (álcool), gasolina ou com a mistura de ambos.

Um dos destaques do novo motor é a potência, que ganhou dose extra no desempenho. São 14,9cv a 8.000rpm se abastecido com gasolina, e 15,1 cv a 8.000 rpm com etanol. O torque máximo é de 1,40 kgf.m a 6.000 rpm e 1,54 kgf.m a 6.000 rpm, respectivamente.

DSCN0984

Entre as novidades, estão também aspectos que serão úteis, principalmente, para procedimentos de manutenção.  Agora não é mais necessário desmontar o cabeçote para tirar o comando. Com isso, o acesso passa a ser feito por tampa lateral, tornando todo o trabalho mais rápido e simples. Esta modificação possibilitou que a altura do motor também diminuísse, formando um sistema mais compacto, apesar do aumento de sua capacidade. Outra novidade é a localização da vareta de medição de óleo, antes ao lado da tampa de embreagem. Seu posicionamento agora está mais a frente, facilitando manuseio para verificação dos níveis do fluído.

motores

O funcionamento do novo motor está ainda mais suave e linear. Isso porque, além de dois balanceiros, o eixo primário agora está apoiado em rolamentos na tampa lateral. Além disso, a saia do pistão está mais curta e a biela tem curso mais longo, o que garantiu um conjunto com áreas menores de atrito, com maior torque e potência em seu funcionamento.

Um detalhe importante é que, apesar de melhor eficiência e performance, o consumo de combustível foi otimizado. Testes iniciais revelaram que o novo propulsor, mesmo de maior cilindrada e mais potente, se mostrou até 8% mais econômico, dando mais autonomia ao modelo e sem a necessidade de paradas extras para o abastecimento em viagens mais longas. Dotada de embreagem multidisco em banho de óleo, possui sistema de lubrificação do tipo forçado, por bomba trocoidal. Em ambas  as versões, o câmbio é de 5 velocidades, com transmissão final por corrente.

DSCN0962

Por se tratar da motocicleta mais vendida e emplacada da história, não deve ser fácil atualizá-la. A Honda informou que pretende vender 350 mil unidades no acumulado do ano, mas será que os consumidores estão satisfeitos com a atualização, preço, manutenção e segurança?

Para termos uma idéia da satisfação dos consumidores, fomos a uma pizzaria tradicional de São Paulo e consultamos alguns entregadores de pizza sobre a opinião deles, profissionais das duas rodas e das redondas. Depois de uma volta na nova CG 160 Fan o que pudemos extrair de mais importante é que a alma continua intacta. Essa atualização foi muito bem aceita por todos que andaram no modelo.

DSCN0963

Falamos com sr. Adolfo Ferreira, 46 anos de idade e 28 de experiência profissional com motocicleta. Atualmente trabalha como motoboy durante o dia e entregador de pizza a noite. Para o trabalho, possui uma CG 150 Titan KS com mais de 340 mil quilômetros, onde ele diz ter feito somente a parte de cima do motor uma única vez, atestando a resistência da marca.”Moto é Honda! Para o trabalho não tem nenhuma outra melhor” afirma Adolfo.

DSCN0965

Analisou a moto em detalhes e listou o que pode perceber: “Acho esse pneu original traseiro muito fino, trocaria por mais largo, acho que a moto fica mais estável e com mais aderência ao solo” disse Adolfo. Acontece que a Honda fez essa alteração na versão Titan, com perfil mais baixo e mais largo, trazendo maior área de contato com as medidas 100/80M/C 59P na traseira e 80/100M/C 47P na dianteira, enquanto que o modelo Fan, continua com as medidas 90/90-18M/C 57P na traseira e 80/100-18M/C 47P na dianteira. As belas e novas rodas de liga leve preto fosco equipam ambos os modelos e conferiu um excelente acabamento visual a todo o conjunto.

DSCN0977

Adolfo elogiou o guidão,  assento e destacou a evolução e beleza do novo painel de instrumentos e de fato as informações do visor digital estão dispostas para facilitar a leitura, incluindo computador de bordo, marcador de combustível, relógio, hodômetro total e parcial, além dos indicadores de farol alto, luzes de direção, injeção eletrônica e neutro. O grande destaque é a adoção de tacômetro, uma inovação desejada pelos clientes do modelo, segundo pesquisas realizadas pela marca. O painel da CG 160 Fan permanece com design atual e conta com velocímetro, hodômetro total, marcador de combustível, neutro, luzes de direção, farol alto e injeção eletrônica. Já o assento tem novo desenho e proporciona conforto e facilidade para pilotos de qualquer estatura.

painel

Sobre o design atual da moto foi parcialmente aprovado por Adolfo, “achei as setas traseiras ultrapassadas, gostava bastante do modelo que englobava a lanterna traseira. Um led seria muito bem vindo.” disse Adolfo.

Outro detalhe observado por Adolfo foi no bloco do motor, onde o medidor do nível do óleo mudou de posição e ficou muito melhor na opinião dele.

DSCN0981

Opiniões unânimes foram: a) Todos os modelos deveriam vir equipados com cavalete central de série. b) Assim como os frotistas e taxistas, os motoboys deveriam ter desconto para aquisição da moto para o trabalho. c) Um sistema de segurança eficiente contra roubo ou furto. Perguntamos se comprariam a nova CG 160 e todos disseram que gostariam, mas pelo medo de perder a moto para bandidos, optariam por um modelo usado.

DSCN0972

Em suma, pudemos constatar que todos os que conhecem não só a nova Honda CG 160, mas todas as CG´s aprovam a moto, mas o principal ponto negativo é a falta de segurança para rodar com a sensação de liberdade e segurança que deveríamos sentir a bordo de uma CG. A nova CG 160 vai sem duvidas para a garagem de Super Top Motor, mas com seguro!

Texto: Flávio Verna

Fotos: Flávio Verna e Divulgação

Sem Comentários

Insira um Comentário

0Shares