Fórmula 1: Aston Martin diz não a parceria com a Force India

Fórmula 1: Aston Martin diz não a parceria com a Force India

force-india-logo-inl
Bem que ele tentou, mas não deu em nada. Vijay Mallya, o big boss da Force India, tentou convencer os executivos da empresa britânica de carros Aston Martin para a participar da Fórmula 1 através da Force India. Porém, recebeu um não sonoro dos britânicos.

Andy Palmer, CEO Aston Martin

Andy Palmer, CEO Aston Martin


“Não temos meios para investir na Fórmula 1”, afirmou o CEO da Aston Martin, Andy Palmer, em entrevista ao jornal francês Le Figaro. “O único interesse de uma marca como a nossa nos esportes motorizados passa por demonstrar a qualidade da nossa tecnologia nos carros de estrada, mas não vejo como participar na Fórmula 1 possa dar valor à marca”, acrescentou.
Vijay Mallya
Esta é uma má notícia para Vijay, que vislumbrava parceria com a marca britânica como forma de atrair patrocinadores mais endinheirados. Fundada em 1913, a Aston Martin teve uma passagem muito curta pela Fórmula 1. Foi em 1959 e 1960, embora sem resultados de expressão.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário