Fórmula 1: Ecclestone acusa Ferrari e Mercedes-Benz por conspiração

Fórmula 1: Ecclestone acusa Ferrari e Mercedes-Benz por conspiração

full-bernie-ecclestone-238335
Baixinho carrancudo e “dono” da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, não desarma na sua cruzada contra o que diz ser uma “conspiração” entre Ferrari e Mercedes pelo “golpe” na Fórmula 1. Ecclestone de 85 anos, acusa os dois construtores de pacto para travar alterações na Fórmula 1, e desta forma evitar a aproximação das equipas adversárias.
467994782_1
Ecclestone começa a falar da decisão da Mercedes em recusar fornecer motores à Red Bull, optando por fornecer à Manor. “Se os dessem à Red Bull pelo menos teriam a garantia de que veriam o seu dinheiro de volta”, acusou, sem deixar de ser deselegante com o último classificado na temporada de 2015.”A  Mercedes tomou essa opção porque se recusa a dar-nos o que reclamamos para os fãs da Fórmula 1: concorrência. Acho até que há um acordo entre eles e a Ferrari. Diria que são irmãos siameses. São inseparáveis. Não sei se é verdade, mas é o que me dizem. São felizes assim e, portanto, estão no mesmo barco”.
 

Sem Comentários

Insira um Comentário