Agência brasileira promove ações exclusivas no mais importante evento no calendário anual na área de tendências tecnológicas

Agência brasileira promove ações exclusivas no mais importante evento no calendário anual na área de tendências tecnológicas

ces-2016-logo

Até o dia 9 de janeiro a Wish International Events Management estará na cidade de Las Vegas, em Nevada, conferindo a edição 2016 da Consumer Eletronics Show (CES), feira não aberta ao público que apresenta as novidades tecnológicas que virarão febre entre os consumidores. Marcas conhecidas e startups apresentarão todas as suas novidades, de dispositivos móveis a carros de última geração.

“Luzes, leds, fontes que “dançam”, outdoors gigantes e dezenas de hotéis de mais de 5000 quartos brigam pela atenção de todos os presentes e envolvidos neste evento. Tudo muito pensado, planejado e glamoroso para deslumbrar.  Realmente aqui, é a Disney dos Adultos. E fica ainda mais interessante quando os grandes unicórnios estão também brigando pelo espaço visual, físico, emocional e pelo bolso dos 170 mil fanáticos por tecnologia presentes na feira este ano”, diz Natasha de Castro Caiado diretora da Wish que está em Las Vegas conferindo os pré-lançamentos.

Natasha Caiado Diretora da Wish International e Wagner Moura

Natasha Caiado Diretora da Wish International e Wagner Moura

Novidades de CES

As novidades da Volkswagen:

Autodesk VRED Professional 2014 SR1-SP7

Para a surpresa da executiva da Wish, o novo CEO da empresa Herbert Diess, começa pedindo desculpas pelo “fiasco” e diz que estão trabalhando para “arrumar” os 11 milhões de carros nos USA e os 8 milhões na Europa.  E, fala ainda, que a VW será repaginada e o foco está na personalização de seus produtos que serão lançados em duas etapas.

Autodesk VRED Professional 2014 SR1-SP7

A primeira, já em pré-ordering, é o carro semiautomático – a busca de “experiência de usuário”. O carro foca em ser a segunda casa em termos de conforto, segurança, mobilidade e conectividade. Os comandos passam a ser por voz, desde a liberação da mão para o volante.  O carro elétrico tem sensores que permitem estacionar sozinho, todo o emaranhado de fios dos devices desaparece e o carregamento é feito via wireless, tanto de fones, tablets ou do próprio carro. A sincronização do automóvel com os dispositivos modernos permite que músicas, jogos, roteiros de viagem sejam lidos pelo painel do mesmo. O relógio de pulso (smartwatch) indica onde está o carro, onde ele esteve enquanto seu filho ou qualquer outra pessoa o dirigiu bem como velocidade máxima que utilizou.  Para os países de neve, o carro aquece conforme a distância em que anda.

DB2015AU01219

No segundo momento informado pela VW, o carro batizado com o criativo nome de Budd-E, aprofunda a “internet of things” – inteligência artificial que está bem mais presente. Por exemplo: indo para o trabalho de manhã eu pergunto para o painel do carro como está minha geladeira e descubro que falta algum item importante dentro dela.  O carro que tem sua própria nuvem/cloud, acessa meu aplicativo de compras, que está ligado ao meu cartão de credito e processa a compra. Indica aonde está meu carro e já solicita a entrega.  Enquanto eu trabalho, o fornecedor de bebidas coloca no porta-malas que está programado para abrir para ele. No caminho de casa, o interfone toca e vejo que minha visita chegou. Pelo painel abro a porta a distância e minha vida social está salva sem que eu tenha que sair da minha rotina.

 

SAMSUNG na mesma rota

DB2015AU01215

Variação sobre o mesmo tema complementar ao produto anterior falado, foi apresentado pela SAMSUNG. Uma geladeira com uma super tela touch que “lê” os itens que estão dentro, indica o que falta, baseado na programação mensal que a família usa.  Ela própria faz a lista de compras, indica locais de compras e com um único clique, acessa as informações de entrega, com cartão de credito já guardados na memória, faz o pedido. Esta é uma mudança de hábito que influenciará tantos outros setores. A partir do momento em que não se faz mais necessário ir ao supermercado.

Nessa mesma linha e tendência, há questões que precisam ser discutidas como: quantos produtos terão que se adaptar ou até mesmo mudar as estratégias de vendas, de logística, de lançamento. Quantos terão que renovar sua ponta de gondola, demonstradores…?! Questões a serem discutidas pelas empresas.

 

KIA dirige sem você

kia-logo1

A KIA foi outra empresa que apresentou muitas novidades, entre elas os sensores 360 graus nos novos carros que possibilitarão num futuro próximo, que o proprietário do carro envie o automóvel sozinho para busca-lo, por exemplo. Ou já que o público alvo da empresa são “os milênios”, como ressalta Natasha “que meu próprio filho mande o carro me buscar para o almoço de família”.

Para a executiva, este primeiro dia da feira deixa claro que teremos várias questões filosóficas e antropológicas e até mesmo existenciais para administrar nos próximos tempos.

Eleita a agência com a melhor qualidade de projetos internacionais pela IMEX – uma das maiores feiras de destinos e eventos corporativos do mundo, promovida em Barcelona, na Espanha – a WISH mantém escritórios no Brasil, em São Paulo; na França, em Paris; e nos Estados Unidos, em Miami e recentemente expande sua representação com a mais nova unidade, a Wish Silicon Valley, na cidade de Palo Alto, nos Estados Unidos. Daí todo o know how da agência comandada pelos executivos Natasha de Castro Caiado e Bertrand Restivo estar mais uma vez envolvida no grande evento da área de inovação e tecnologia.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário