Marco Sorensen dispara contra Carmen Jordá: “Ela é lenta demais!”

Marco Sorensen dispara contra Carmen Jordá: “Ela é lenta demais!”

carmen7

Não basta ser um bom piloto, tem que rostinho e corpinho de menina para o chamado marketing de uma equipe de Fórmula 1. A constatação foi do piloto dinamarquês Marco Sorensen que confessou que saiu da antiga Lotus, agora Renault, em protesto contra o tratamento privilegiado da espanhola Carmen Jordá.

f50e774053ab50bfccbdee132b55dc58

Os dois tinham o papel de piloto de desenvolvimento e de simulador na equipe de Enstone. Mas o dinamarquês acusa a espanhola de não ter capacidades para a Fórmula 1. “Ela era 12 segundos mais lenta do que eu no simulador. Ainda assim, ela ficou com todo o reconhecimento”, desabafou o dinamarquês ao jornal local Ekstra Bladet. “Senti que estavam desrespeitado e tinha de parar.”

Marco Sorensen

Marco Sorensen

Sorensen comparou a sua experiência com a do compatriota Kevin Magnussen, escolhido precisamente para uma das vagas na ex-Lotus, agora Renault, depois de um ano como piloto de desenvolvimento da McLaren. “Testei por pelo menos 60 dias nos últimos dois anos, assim como Kevin Magnussen trabalhou no simulador da McLaren como piloto de desenvolvimento. Não tinha 6,7 milhões de euros, o que ouvi dizer que é o mínimo que é preciso para pagar por um lugar na Fórmula 1″, chorou o jovem dinamarquês.

Pwi9vp6IQaWQTtJbVHmo_carmenCarmen Jordá, por sua vez, permanece na Renault, mas a sua posição ainda não está definida. Apesar de ser oficialmente piloto de desenvolvimento, a espanhola não tem resultados suficientes para conseguir a superlicença e pilotar um Fórmula 1.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário