Fórmula 1: vai uma cervejinha bem geladinha aí?

Fórmula 1: vai uma cervejinha bem geladinha aí?

 

e1a01040a627141b1a1d10ae79920461

Parece que a coisa começa a melhorar para os lados da Fórmula 1. E, graças a marca holandesa de cerveja, a Heineken tornou-se no principal patrocinador do Mundial de Fórmula 1. O negócio está avaliado em 200 milhões de euros (quase oito bilhões de reais) e tem a duração de cinco anos.

5430_ddbrapp_vietnam_heineken_mainimage1_2000px1

Mas o investimento da conhecida marca de cerveja holandesa na Fórmula 1 não deverá ficar por aqui. Segundo o jornal holandês De Telegraaf: “A Heineken também irá estabelecer uma parceria com uma equipe como parte do acordo de patrocinador que tem com a FOM.”E, algumas delas já procuraram a Heineken com propostas. A que fizer a melhor proposta poderá receber uma boa quantia de dinheiro em patrocínios.

f1

A entrada da Heineken, que deverá ser vista a partir do GP do Canadá (12 de junho, o tradicional “Dia dos Namorados”) coincide com a saída da Shell, que pretende “centrar e reforçar a relação com a Ferrari”. Fonte próxima do acordo disse que: “Esta é uma ótima notícia para a F1. É uma marca de alto perfil investindo dinheiro e credibilidade, e isso só pode ser bom para a categoria”.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário