GP Espanha: Com 18 anos de idade Max Verstappen vence. E daí?

GP Espanha: Com 18 anos de idade Max Verstappen vence. E daí?

285204

Na corrida de estreia pela RBR, o jovem holandês deixa 8 títulos mundiais para trás e torna-se o mais jovem piloto a vencer na F-1  

Por: Edison Ragassi

No último domingo, mais um recorde da F-1 foi quebrado, o de piloto mais jovem a vencer uma prova da categoria. Este recorde já foi de Emerson Fittipaldi (23 anos), Fernando Alonso (22 anos), Sebastian Vettel (21 anos), e tantos outros que entre os 22 e 23 anos que chegaram ao triunfo na maior categoria do automobilismo internacional.

E agora um garoto, ou melhor, com todo o respeito, um moleque abusado com 18 anos vence uma corrida e deixa o mundo perplexo. Em outros esportes isso é comum, no futebol, basquete, vôlei, natação, e na F-1 não será diferente.

285160

Os pilotos começam a carreira bem cedo é só ir aos campeonatos regionais de kart que você encontra crianças com 6 anos competindo. E quanto mais cedo começar, mais cedo terá condições de alcançar a maior categoria do automobilismo mundial.

Concordo que é necessário ter critério, pois um carro de F-1 exige habilidade para controlar a potência e os incontáveis equipamentos eletrônicos embarcados para auxiliar na dirigibilidade, mas se ele mostrar-se competente o suficiente deixa o garoto correr. E ai os mais experientes é que utilizem seus conhecimentos para derrotar o ímpeto da juventude.

285102

Mas o holandês só venceu porque os dois experientes pilotos da Mercedes, Nico Rosberg e Lewis Hamilton, Lewis com três títulos mundiais, bateram na primeira curva e ficaram fora da corrida. Também contou com a estratégia do time, fez duas paradas, enquanto que a maioria das equipes optou por três. Seu companheiro, Daniel Ricciardo, liderou a maior parte da corrida, mas não conseguiu poupar os pneus, um deles estourou por causa do desgaste, o que proporcionou a quarta posição ao australiano.

Verstappen aguentou a pressão dos pilotos da Ferrari Kimi Raikkonen (1 titulo mundial) e do tetracampeão Sebastian Vettel. Se somarmos os três de Hamilton que ficou fora, ele desbancou 8 títulos  mundiais. Bom feito para um garoto de apenas 18 anos.

285162

De uma maneira geral o GP da Espanha foi bem movimentado, Felipe Massa (Williams), com problemas na classificação, largou em 18º e terminou na 8ª colocação.

285208

O que chama a atenção é que a Williams regrediu. Valtteri Bottas foi só o 5º colocado.

O time que no ano passado foi a terceira força, está mais para quarta e se não tomar medidas técnicas urgentes, pode ser passada pela STR, com motor Ferrari.

E Felipe Nasr (Sauber) terminou em 15º. A equipe não tem dinheiro para desenvolver o carro. Resta ao brasileiro começar já a negociação em busca de uma vaga melhor na temporada do ano que vem.

Marcaram pontos no GP da Espanha

285109

  1. Max Verstappen
  2. Kimi Raikkonen
  3. Sebastian Vettel
  4. Daniel Ricciado
  5. Valtteri Bottas
  6. Carlos Sainz
  7. Sergio Perez
  8. Felipe Massa
  9. Jenson Button
  10. Daniil Kvyat

Mundial de pilotos

1º Nico Rosberg – 100

2º Kimi Raikkonen- 61

3º Lewis Hamilton-  57

4º  Sebastian Vettel- 48

5º Daniel Ricciardo- 48

6º Max Verstappen- 38

7º Felipe Massa- 36

8º Valtteri Bottas- 29

9º Daniil Kvyat- 22

10º  Romain Grosjean- 22

 

A próxima etapa está marcada para dia 29/05, o GP de Mônaco nas ruas de Monte Carlo. E ai esqueça motor, vale o braço e concentração para andar raspando os muros sem sofrer acidente.

Rapidinhas

Vencedor e humilde

285122

Na entrevista coletiva Max Verstappen parecia que estava em outro planeta, mas não esqueceu que não ganhou sozinho. “É algo incrível, mal posso acreditar nisso. Foi uma bela prova. Tenho de agradecer à equipe por ter me dado um grande carro”.

Desapontado

Räikkönen tentou, mas não conseguiu ultrapassar. Foi ao pódio com cara amarrada e, bem ao estilo gelado finlandês declarou: “Estou feliz pelo Max, mas desapontado comigo mesmo. Corridas são assim. Demos nosso melhor hoje”.

Acidente de corrida

285097

Muita falação, acusações e no final, os comissários do GP da Espanha entenderam que a batida entre Hamilton e Rosberg foi acidente de corrida e os pilotos não serão punidos. Resta saber qual será a atitude da equipe com seus comandados. O que sei é que Hamilton não vai entregar o campeonato para Rosberg tão facilmente.

Sem Comentários

Insira um Comentário