B&M lança série Capeland Shelby® Cobra 1963  “Legendary Drivers Edition”

B&M lança série Capeland Shelby® Cobra 1963  “Legendary Drivers Edition”

image.1615663050

Ousadia, determinação… os competidores dos anos 1960 se atiravam nos circuitos com um verdadeiro espírito de conquista. Dentre tais aventureiros, estava Carroll Shelby. Ele foi não somente um piloto famoso, como atesta sua lista de vitórias, mas também o visionário criador do Cobra.

Hoje, é esse mesmo espírito de conquista, de partilha e de equipe que move as Maisons Baume & Mercier e Carroll Shelby Inc., que se reuniram no circuito de Le Castellet.

Há, antes de tudo, a potência de um motor mecânico: sua velocidade, que é medida e apreciada graças a um cronógrafo. Há igualmente a beleza do gesto do piloto, semelhante à destreza controlada do mestre relojoeiro. Há também a busca pela performance. Bater um recorde de velocidade em uma volta no circuito e tentar – muitas e muitas vezes – melhorá-lo, assim como os relojoeiros em busca de perfeição.

Além disso, há a precisão. Indispensável para buscar uma vitória individual ou em equipe durante uma corrida automobilística. O taquímetro de um relógio é um aliado fundamental para a regularidade de uma corrida e pode mostrar-se determinante para alcançar a vitória.

relogios

Dos modelos históricos às coleções contemporâneas, todos os relógios da Maison Baume & Mercier são fiéis companheiros em tais momentos de celebração, à imagem das proezas dos heroicos pilotos dos carros Cobra nos anos 1960.

Os novos cronógrafos Capeland Shelby Cobra 1963 foram concebidos para quem conhece o valor da resistência e o senso do risco, sendo verdadeiros hinos relojoeiros à superação de si mesmo. Competição, paixão, sucesso, resistência, espírito de equipe e homenagem ao Cobra CSX2128, carro de corrida mítico que continua suscitando sonhos. Eles refletem o caráter e a potência do Cobra, e o emblema apreciado por Carroll Shelby está presente no contrapeso do ponteiro do cronógrafo.

Baume-Mercier-Capeland-Shelby-Cobra-1963-Legendary-Drivers-96

Os ponteiros das horas e dos minutos representam, aliás, o formato do volante de corrida. Quer se trate da caixa de 44 mm em aço polido-acetinado ou da versão inteiramente em aço com tratamento ADLC preto, este relógio emana uma intensa impressão de potência. Esses 2 cronógrafos únicos são apresentados com uma pulseira em couro de crocodilo preto com forro em couro de bezerro emborrachado amarelo ou com uma pulseira em borracha vulcanizada preta, fechadas por uma fivela desdobrável tripla com botão de segurança. Este último foi produzido com o mesmo material de que eram constituídos os pneus do carro de corrida.

Em homenagem aos talentosos pilotos que dirigiram o Cobra CSX2128 nos pódios dos circuitos, a Baume & Mercier revela, durante o evento de Le Castellet, quatro novos cronógrafos Capeland Shelby® Cobra 1963, à imagem de quatro pilotos lendários: Dan Gurney, Ken Miles, Dave McDonald e Allen Grant.

Esses relógios automáticos com linhas elegantes apresentam no mostrador, a posição das 9 horas, o número de corrida desses quatro mosqueteiros do volante:

Baume-Mercier-Capeland-Shelby-Cobra-1963-Legendary-Drivers

  • ‘15’ de Dan Gurney
  • ‘50’ de Ken Miles
  • ‘96’ de Allen Grant
  • ‘97’ de Dave McDonald

Com caixas em aço polido-acetinado ou ADLC e pulseiras em borracha vulcanizada ou em couro de crocodilo, cada um desses quatro Capeland Shelby® Cobra 1963 “Legendary Drivers Edition” apresenta variações de cores em tons pretos, brancos e amarelos: mostrador, flange, taquímetro e pulseira inspirados nas tonalidades da carroceria do CSX2128.

Objetos ‘Collector’ essas peças serão produzidas em uma série limitada a 15 exemplares, em homenagem ao primeiro número de corrida do Cobra CSX2128, e serão gravadas com o nome de cada piloto que elas representam.

Cada uma dessas peças atende aos mais elevados critérios de qualidade e exigência e será capaz de seduzir colecionadores perspicazes.

shelby660

Carrol Shelby

“As corridas abriram o caminho da construção do meu próprio carro. Eu já pensava nele quando era piloto, e nunca abandonei esse desejo”, dizia Carroll Shelby.

 

Sem Comentários

Insira um Comentário